Conecte-se conosco

Música

Oficina das Minas abre inscrição para aulas de violão, cavaco e percussão

Projeto Social com aulas gratuitas para mulheres

Publicado

em

oficina das minas

A partir do dia 1º de junho (quinta-feira), acontece a matrícula de repescagem com novas inscrições para o projeto social Oficina das Minas com aulas de percussão, violão e cavaco. Todas as oficinas são gratuitas e a repescagem abrange cota para mulheres assistidas pelo Centro de Atendimento à Mulher – CEAM/CODIM, alunas de rede pública de ensino, com idade acima de 14 anos e ampla concorrência.

O projeto é idealizado pela empresa CSISTON Produção Integrada, sob coordenação da produtora cultural, jornalista e pesquisador Camille Siston, e tem o patrocínio da Prefeitura de Niterói, Fundação de Artes de Niterói e Secretaria Municipal das Culturas, através da Lei de incentivo a Cultura de Niterói ISS.

A princípio, a proposta de oficinas de musica para mulheres implica no fomento da inserção da mulher na música na cidade de Niterói, com especialidade no samba, e inserir a prática musical como processo terapêutico na reconstrução do trabalho social e psicológico desenvolvida na CODIM. As oficinas acontecem toda semana, às quintas-feiras na sede do Centro de Atendimento à Mulher – CEAM, na Rua Cônsul Francisco Cruz, 49 – Centro, Niterói.

A matrícula da repescagem das vagas iniciam dia 1º de junho, quinta, a partir das 14h, no próprio local e a vagas serão preenchidas com a ordem de chegada.

Em seguida, confira abaixo o turno e número de vagas por segmento:

TARDE 1: 14h30 às 15h30

Percussão:* 10 vagas

Cavaco:* 5 vagas

TARDE 2: 16h às 17h

Cavaco: 10 vagas

Violão: 6 vagas

NOITE: 18h às 19h

Cavaco: 6 vagas

Violão:3 vagas

Serviço:

OFICINA DAS MINAS

O que é: Aulas de Violão, Cavaco e Percussão

Turmas: Tarde e Noite

Local: – CEAM, na Rua Cônsul Francisco Cruz, 49 – Centro, Niterói.

Dúvidas e informações: coletivomulheresnosambadenit@gmail.com

Anúncio
Clique para comentar

Escreve o que achou!

Música

Bernardo Lobo lança álbum produzido por Marcelo Camelo

O cantor e compositor carioca Bernardo Lobo, lança “Bons Ventos”, o oitavo de sua discografia.

Publicado

em

Bernardo Lobo

Hoje, 3 de outubro, é dia de lançamento! O cantor e compositor carioca Bernardo Lobo, lança “Bons Ventos”, o oitavo de sua discografia. Gravado em Lisboa, o álbum que leva o nome de uma canção inédita no título, marca os 30 anos de carreira. Aliás, também comemora os 50 anos de idade de Bernardo, que fez aniversário no dia 9 de setembro.

O álbum já está disponível em todas as plataformas. Contudo, se estiver curioso para ouvir logo o álbum, é só clicar aqui.

Reencontro em Lisboa

A produção musical é de Marcelo Camelo, que participou da seleção do repertório e toca quase todos os instrumentos no álbum: guitarra, piano, baixo, bem como bateria e percussão.

Apesar de terem morado no mesmo prédio, no bairro do Leblon, Bernardo, todavia, cruzou poucas vezes com Camelo no Rio de Janeiro. Anos depois, mesmo radicados em Lisboa, os dois só vieram a se encontrar quando surgiu a ideia de convidar o vocalista do Los Hermanos para produzir o novo álbum. “Consegui o contato do Camelo, contei a ele sobre o novo projeto e ele topou na hora, disponibilizando o seu estúdio, o Estrela, pra gente gravar”, conta Bernardo.

Na primeira visita ao estúdio, Bernardo Lobo mostrou uma pré-seleção de canções inéditas. “Mostrei 16 músicas para o Camelo escolher oito, e pedi que ele selecionasse as que ele achasse mais comunicativas. Quando ele retornou com a lista dele, era quase igual a minha.”

Composições conjuntas

As oito canções que fazem parte de “Bons Ventos” trazem parcerias de Bernardo com compositores diversos. A faixa que abre o álbum, por exemplo, chamada “Do Rio de Janeiro”, foi composta juntamente com o cantor, compositor e produtor musical Mú Chebabi.

“O Mú é um grande amigo, além de parceiro. Ele passou uma temporada morando comigo, em Lisboa, e a gente compunha todos os dias. Fizemos cerca de 20 músicas nesse período. Essa tem uma história curiosa: o Mú refez a segunda parte da letra, que falava na África, tema que pode ser muito sensível, e eu adorei o resultado. Ela fala do Rio de Janeiro e de Lisboa, as duas cidades que eu amo. Ficou linda”, finaliza Bernardo Lobo.

“Do Rio de Janeiro”, contudo, não é a única música que homenageia a cidade. “No Leblon”, composta com Edu Krieger, parceiro de longa data de Bernardo, leva o nome do bairro em que o cantor residia. Apesar de estar pronta há bastante tempo, o cantor sentiu que agora era hora de gravá-la. Outro parceiro antigo que está presente no álbum é Moyseis Marques. Com ele, Lobo compôs o samba “Arrebentação”.

Parcerias nacionais e internacionais

Tiago Torres da Silva, poeta português que já compôs com Ivan Lins e Francis Hime, aparece em três inéditas. “Postei uma música minha nas redes sociais e o Tiago fez contato pra dizer que a gente tinha que compor em parceria. Passei a mandar melodias pra ele e acabamos fazendo umas 10 músicas juntos”, lembra Bernardo. Uma delas é “Vai e vem”,melodia de Humberto Araújo e Bernardo Lobo, para a qual o português escreveu a letra. Ela faz uma analogia entre o samba e o fado.

“D.R.” é uma parceria bem humorada com Nelson Motta, que fala sobre as discussões que rondam, sobretudo, as relações amorosas: “O Nelsinho eu conheço desde criança. Um belo dia ele me ligou e disse ‘Bena, tá na hora de sermos parceiros’. Em seguida me pediu pra mandar três melodias. Ele escolheria uma para fazer a letra e mandar para a minha mãe, Wanda Sá, que estava gravando um disco à época. O mais engraçado é que eu sempre tenho melodias guardadas, mas quando o Nelsinho falou comigo, eu estava envolvido com outras coisas, não andava compondo muito. Como não poderia deixar de atendê-lo, fui para o violão e fiz três músicas em dois dias! É uma honra ser parceiro do Nelson Motta”, pontua.

Por fim, fique com a música que dá título ao álbum:

Ficha técnica

Bons ventos – Bernardo Lobo

Gravadora: Biscoito Fino

Produção: Marcelo Camelo

Gravado e mixado no estúdio Estrela, em Lisboa, por Ricardo Riquier

Masterizado no estúdio Universo Fantástico, em Nova Iorque, por Alexandre Vaz

Fotos: Arthur Rangel

Designer da capa: Nário Nascimento

Ademais, leia mais:

Hélder Viana lança o single ‘Você me ama’ com participação de Flávio Venturini

Marina Sena no Circo Voador em Outubro

Mundo Espelho e o rock honesto de ‘bye Bye Conforto’

Continue lendo
Anúncio
Anúncio

Cultura

Crítica

Séries

Literatura

Música

Anúncio

Tendências