Monday, September 21, 2020

Cenário independente da música resiste e cria novos espaços

O cenário independente resiste. A princípio, uma das maiores dificuldades em se fazer música hoje em dia é conquistar um público consumidor para o seu trabalho. Aliás, se já não bastassem as dificuldades produtivas, quando se fala de show, a maioria arrasadora das casas que recebem música ao vivo no Rio de Janeiro dá preferência a bandas com repertório cover de artistas renomados,  as quais obviamente atraem mais pessoas e garantem a estabilidade financeira do empreendimento.

Ande mais:

Entrevista com a cantora Amanda Anibale
A Vida Invisível é um fado de Amália Rodrigues

Contudo, dentro desse cenário, e tentando amenizar esses percalços, surgem os festivais com produções independentes criando espaço para bandas também independentes que estão começando sua carreira. Ademais, unem-se algumas outras que já têm tempo de estrada, mas ainda estão na luta por um lugar ao sol. Atualmente, no Rio de Janeiro, podemos destacar três festivais que estão movimentando a cena independente underground da cidade: Akasha Rock Fest, Alternativo Rock Club e, o mais recente, Coolrock Experience.

Akasha Rock Fest e Alternativo Rock Club

O Akasha Rock Fest foi idealizado pela produtora Pity Portugal em dezembro de 2018. As edições clássicas contam sempre com 3 bandas independentes e inéditas no line up, e acontecem no Calabouço Heavy e Rock Bar. Atualmente o festival conta também com as edições especiais e as edições sessions, que acontecem em outras casas do Rio de Janeiro, tais como La Esquina, Rock Experience e Smoke Lounge, juntando às bandas inéditas aquelas que fizeram história no palco do Akasha. Já passou do décimo primeiro evento e já recebeu mais de 30 bandas durante seu ano de estrada.

O Alternativo Rock Club é um coletivo de bandas que vestem a camisa e produzem seu próprio evento, já que é muito difícil entrar nos grandes festivais. Aliás, a produção enfatiza demais o apoio mútuo entre músicos e produtores. Idealizado por Fábio Fagaso, o evento está em sua sétima edição, tendo tido 22 apresentações e uma playlist com mais de 80 bandas independentes. O Alternativo Rock Clube é uma grande festa de celebração ao #juntossomosmaisfortes.

Coolrock Experience

O mais recente entre esses espaços é o Coolrock Experience, produzido por mim , o qual teve sua primeira edição em 10 de novembro de 2019, no Coordenadas Bar, em Botafogo. O CoolRock procura fornecer o palco para bandas com sonoridade específica, que promovam o rock alternativo influenciado pela música dos anos 60, 70, passando pelo jazz e pela MPB. A proposta é oferecer uma experiência de conexão com a música e com o bem estar de se ouvir novos sons, trabalhos diferentes.

Enfim, o que esses trabalhos têm em comum é o foco na importância de se criar espaços para que novos artistas cheguem ao público consumidor. Afinal, o rock, ou a boa música de maneira geral, não morreu. A forma como eles são apresentados foi que mudou. E esses festivais têm unido forças para provar isso para a população carioca.

Escreve o que achou!