Projeto Lélia Gonzalez Vive lança Amefricanifesto no Dia da Mulher Negra, Latina e Caribenha

Honrando o legado deixado por Lélia Gonzalez, o projeto Lélia Gonzalez Vive convoca mulheres negras de todo país a celebrar o Dia da Mulher Negra, Latina e Caribenha (25 de julho), recriando nosso lugar na sociedade brasileira.

Em parceria com organizações e coletivos de mulheres negras, criaram o Amefricanifesto. A ideia é demonstrar indignação diante do racismo e do machismo estrutural e estruturante do Brasil. Além disso, valorizar as lutas pela igualdade, um manifesto colaborativo e artístico.

A partir do dia 20 de julho, o Amefricanifesto ganha espaço nas redes e nas ruas, ilustrando o exercício coletivo de reimaginação.

Divulgação

No dia 25, o Amefricanifesto será divulgado ao público pela primeira vez em múltiplos canais: no site oficial da campanha (bit.ly/amefricanifesto), na programação do Festival Latinidades, em um evento aberto ao público em Brasília (Infinu, 506 Sul), por meio de uma convocatória a artistas com o apoio do Design Ativista e também nas redes sociais do projeto e de parceiras.

Por fim, a iniciativa tem apoio do Movimento Negro Unificado (MNU), Geledés – Instituto da Mulher Negra, Mulheres Negras Decidem (MND), A Tenda das Candidatas, Instituto Afrolatinas, Rede de Desenvolvimento Humano (Redeh), Uneafro Brasil e Design Ativista.

Informações sobre o projeto Lélia Gonzalez Vive:

Instagram: https://www.instagram.com/leliagonzalezvive/

Facebook: https://www.facebook.com/leliagonzalezvive/

Escreve o que achou!