Tuesday, December 6, 2022

Russian Film Festival 2022 | Confira a edição online e gratuita até 21 de julho

Até a próxima quinta (21), está disponível gratuitamente a edição em streaming do Russian Filme Festival 2022. Estão disponíveis 8 filmes contemporâneos inéditos em circuito, e abordando diversos temas, desde a vida na Rússia atual até a obra do consagrado Andrei Tarkovsky, num documentário dirigido por seu filho, Andrei Tarkovsky Filho.

Para assistir aos filmes gratuitamente, é preciso se cadastrar no site https://www.belasartesalacarte.com.br/, clicando no botão Assinar, cadastrar-se, selecionando a opção “plano mensal”, inserir o código “RFFMES”, e preencher os dados. O código promocional é fornecido a usuários não registrados anteriormente e é válido apenas uma vez. Observação: a assinatura é renovada, a menos que seja cancelada manualmente.

A programação do Russian Filme Festival de 2022 inclui longas-metragens de gêneros populares entre o público latino-americano (dramas, horrores, comédias), séries e documentários. Os filmes serão exibidos em russo com legendas em português. O festival acontece na plataforma até o próximo dia 21.

Belas Artes

Essa é a terceira versão do Festival no Brasil, e, pelo primeiro ano, aconteceram sessões presencias, em São Paulo, no cinema Petra Belas Artes, entre os dias 23 e 26 de junho. E, desde o dia 30, o evento acontece no formato online.

Os espectadores brasileiros poderão assistir aos seguintes filmes:

– “O Demônio de Gelo” (dirigido por Ivan Kapitonov, 2021) é um horror místico dos famosos criadores de filmes de terror russos, Ivan Kapitonov e Svyatoslav Podgaevsky. Seus trabalhos anteriores, “A Viúva das Sombras” e “Baba Yaga: Terror da Floresta Negra”, entraram no TOP-3 dos filmes russos exibidos no Brasil em 2021, e também foram lançados no México, Colômbia, Argentina e em vários outros países da América Latina. O enredo do Demônio do Gelo foi baseado nas antigas lendas dos povos fino-úgricos sobre um espírito maligno que mantém vivos os viajantes congelados para que eles possam voltar para casa e terminar seus negócios inacabados, na maioria das vezes relacionados à vingança. O filme fala sobre uma família onde o pai desapareceu, mas 10 anos depois, seu corpo congelado é encontrado nas montanhas, ele está em um estranho estado de conservação, que lembra um coma. Ele é trazido para casa, e o retorno do ex-marido e pai destrói a vida tranquila da família.

– “Efeito Colateral” (dirigido por Alexey Kazakov, 2020) é um thriller místico baseado no folclore eslavo e mitos antigos. Um jovem casal passa por um período difícil após a experiência traumática de um ataque por ladrões. Em uma tentativa desesperada de salvar o casamento e apagar as memórias daquela noite terrível, o homem pede ajuda à uma feiticeira. A mágica funciona, mas a segunda lua de mel se transforma em um verdadeiro pesadelo.

– “Ternura” (dirigido por Anna Melikian, 2020) é uma série dramática de uma das mais famosas diretoras russas. Em uma viagem de negócios ocasional, a CEO de uma grande empresa, Elena, conhece o homem dos seus sonhos e inesperadamente o perde. Ela continua a procurá-lo de todas as formas possíveis e impossíveis. Ela recorre a todos os meios disponíveis: lógica, esoterismo, ajuda de amigas, um encontro com um novo homem, uma viagem a um retiro… E nesse difícil caminho em busca do amor, talvez ela encontre o principal achado – ela mesma.

– “Alguém viu minha garota?” (dirigido por Anguelina Nikonova) é um drama baseado nas memórias de Karina Dobrotvorskaya, a ex-mulher do lendário crítico de cinema soviético Serguei Dobrotvorsky. Eles foram considerados o casal mais bonito da boêmia de São Petersburgo no início dos anos noventa. Eram intelectuais apaixonados pelo cinema. Mas a feliz história romântica se transformou em um drama difícil. Ela fugiu para outra cidade, para outra vida, para outro amor. E ele ficou em São Petersburgo e morreu logo após o divórcio.

Além disso, na plataforma Belas Artes A La Carte, estarão disponíveis os filmes que já foram exibidos offline no cinema Petra Belas Artes:

– “Um fôlego” (dirigido por Elena Khazanova, 2020) é um drama esportivo baseado na história de vida da “rainha do mergulho livre” Natália Moltchanova, que começou a praticar esse esporte radical apenas aos 40 anos e conseguiu estabelecer mais de 40 recordes mundiais e se tornar multicampeã mundial.

– “Quero casar” (dirigido por Sonya Karpunina, 2022) é uma comédia romântica sobre uma jornalista que tem tudo conforme o planejado: o trabalho de apresentadora na TV, um noivo rico e bem-sucedido. Porém, um encontro casual arruína todos os seus planos…

– “A Primeira Neve” (dirigido por Natália Kontchalovskaya, 2021) é uma tragicomédia sobre a relação entre mãe e filha. A obra levanta questões filosóficas e sociais relacionadas ao direito humano de não depender de ideias convencionais sobre o sucesso e felicidade.

– “Andrei Tarkovsky. O cinema como oração” (dirigido por Andrei Tarkovsky Filho, 2019) é um documentário sobre o grande cineasta russo Andrei Tarkovsky, que teve grande influência na cultura mundial.

O Russian Film Festival – Volta ao Mundo, no Brasil, é organizado pela ROSKINO com o apoio do Ministério da Cultura da Federação Russa e do Comitê de Turismo de Moscou. O parceiro do festival é o portal de informações turísticas Discover Moscow.

Ademais, leia mais:

O Coração do Mundo | Natalia Meshchaninova traz à tona o desconforto das relações intensas

O Homem que Surpreendeu a Todos | Dor e sofrimento no 1º Festival de Cinema Russo

Crítica | O Telhado

Escreve o que achou!