Monday, November 28, 2022

200 anos de Memória da Música e Músicos do Brasil | Yuka Shimizu e Georgia Szpilman se apresentam na Tijuca

O espetáculo “200 anos de Memória da Música e Músicos do Brasil” terá sua estreia presencial, em sessão única, no Centro da Música Carioca Artur da Távola, na Tijuca, dia 9 de outubro, domingo, às 11h.  É a celebração do Bicentenário da Independência com a pianista Yuka Shimizu e a soprano Georgia Szpilman.

Sendo assim, elas passarão pelos 200 anos da música erudita brasileira, do Hino da Independência até compositores contemporâneos, interpretando obras icônicas de Nazareth, Nepomuceno, Chiquinha Gonzaga, Henrique Oswald, Carlos Gomes, Villa-Lobos, Mignone, dentre muitos outros.

O concerto é fruto de extensa pesquisa das musicistas Georgia Szpilman e Yuka Shimizu e busca destacar as músicas e compositores que melhor espelham a alma do povo brasileiro no período, a cultura nacional e nossas raízes. O repertório pretende transportar o púbico para épocas distintas, abordando a diversidade sonora da música erudita, a história das composições e seus autores, comentando fatos e casos interessantes que marcaram esses 200 anos da nossa história.

Por fim, com cerca de 70 minutos de duração, o espetáculo será integralmente filmado e, posteriormente, veiculado no canal do YouTube das artistas, juntamente com outro vídeo, com cerca de 30 minutos, com os bastidores do concerto, da produção e registros de locais históricos relacionados com os 200 anos da música erudita brasileira e seus compositores.

SERVIÇO

Dia 9 de outubro, domingo – Yuka Shimizu e Georgia Szpilman apresentam “200 anos de Memória da Música e Músicos do Brasil”

Local: Centro da Música Carioca Artur da Távola

Endereço: Rua Conde Bonfim, 824

Horário: 11h

Ingressos: R$30 e R$15

Classificação Indicativa: Livre

Ademais, veja mais:
Joice Terra apresenta show ao vivo do álbum ‘De(Vagar)’ gratuitamente no YouTube
Crítica | ‘Moonage Daydream’ é experiência cinematográfica musical e transcendental
Veja o novo clipe em animação do projeto Kaialas que une Brasil e Cabo Verde | Preto de Azul

Escreve o que achou!