11º International Uranium Film Festival do Rio de Janeiro acontece no MAM

O 11º International Uranium Film Festival do Rio de Janeiro, o Festival de Cinema da Era Atômica, começa quinta-feira, 19 de maio, e segue até 29 de maio, na Cinemateca do Museu de Arte Moderna do Rio (MAM Rio) e globalmente online.

Desde 2011, o festival, dedicado a todos os assuntos da energia nuclear, já aconteceu em sete países e dezenas de cidades, incluindo Berlim, Hollywood e Nova York, com mais de 60 mostras internacionais.

A princípio, são 41 filmes “atômicos“ de 39 cineastas, provenientes de 21 países. A saber, o grande destaque do Festival é a estreia brasileira do filme “Vale dos Deuses” (2019, 126′), com a presença do diretor polonês Lech Majewski, no último dia do Festival, 29 de maio, na sessão das 16:10. “Vale dos Deuses” (Valley of the Gods) é a produção mais recente de Lech Majewski e conta com várias estrelas de Hollywood como John Malkovich, Bérénice Marlohe, Joseph Runningfox e Josh Hartnett.

Troféu

Diretor de cinema, Lech Majewski é diretor de ópera e de teatro, escritor, escultor, pintor, poeta e autor de instalações de vídeo arte. Nasceu em Katowice, em 1953, e ganhou reconhecimento internacional em 1996, como co-produtor e co-roteirista do filme “Basquiat”, de Julian Schnabel, onde David Bowie interpretou o papel de Andy Warhol. Seus vídeos, filmes e obras de arte são exibidos em diversas galerias e museus ao redor do mundo. Em 2006, o New York Museum of Modern Art (MoMA) homenageou o Majewski com a retrospectiva de suas obras.

Lech Majewski receberá o troféu do Festival na categoria de melhor longa-metragem de ficção da edição do Festival 2020 que, por causa da Pandemia só aconteceu no Uranium Film Festival Berlim. Agora, o troféu será entregue junto com os premiados de 2022, mas estes só serão revelados na cerimônia de premiação que começará em seguida da sessão “Vale dos Deuses”, domingo, 29 de maio.

Além disso, o Festival conta com a presença dos cineastas espanhóis José Herrera e Jaime García, do brasileiro Miguel Silveira, da produtora norte-americana Missy Hernandez. Ademais, também recebe um convidado excepcional, o Embaixador Sérgio Duarte, que foi Alto Representante da ONU para Assuntos de Desarmamento Nuclear. No Brasil, não há quem saiba mais sobre diplomacia e armas nucleares do que ele. Para não esquecer o maior acidente radiológico no Brasil, contamos com a presença de Odesson Alves Ferreira, esclarecedor e vítima deste acidente com o césio 137, ocorrido em Goiânia, em setembro de 1987.

Por fim, confira aqui a programação completa do festival! E pegue aqui seus ingressos gratuitos!

Ademais, veja mais

Crítica | ‘O Homem do Norte’ é arrebatador

‘O Tambor dos Pés’ traz sapateado através do contexto vivido por africanos escravizados

Com Danton Mello e Juliana Paes, ‘Predestinado: Arigó e o Espírito do Dr. Fritz’ estreia em setembro

Escreve o que achou!