Monday, September 20, 2021

Cisne Negro Cia de Dança anuncia parceria com Instituto Dom Bosco para primeiro núcleo social

A Cisne Negro Cia de Dança, que completa 44 anos em abril, e o Estúdio de Ballet Cisne Negro, fundado em 1958, anunciam o início de parceria com o Instituto Dom Bosco, unidade Bom Retiro. Dessa forma, ministrarão aulas de ballet clássico gratuitas, com o método da Royal Academy of Dance of London (UK).

As aulas, muito além da dança, também possibilitam o desenvolvimento e coordenação física, bem como a exploração dos movimentos, expressão corporal, disciplina e autoestima. A princípio, como início da parceria, a ação terá dois turnos de aulas, divididos entre manhã e tarde, abrangendo idades de 6 a 14 anos, com salas mistas. As professoras que ministrarão as aulas tem formação pela Royal Academy of Dance Of London, com larga experiência e constante aprimoramento no método.

“Um sonho realizado atender jovens que não possuem acesso à um ensino e metodologia de excelência em dança no mundo e dessa forma, ampliar possibilidades. Que este seja o primeiro de muito.” pontua Dany Bittencourt.

Os alunos selecionados para o curso, que conta com patrocínio do Facebook através do PROMAC, receberão todo o material necessário às aulas, ou seja, uniformes, sala de aula amplamente equipada, entre outros itens. Neste primeiro momento serão 60 alunos, cujas aulas iniciarão na próxima segunda-feira, 22 de fevereiro.

Cisne Negro Cia De Dança

Com 43 anos de estrada, a Cisne Negro Cia de Dança é considerada uma das melhores companhias contemporâneas do país. Sucesso de crítica e público, tem no currículo prêmios como Fellowship of the Royal Academy of dance of London, uma das mais altas honrarias concedidas por essa instituição, por seu trabalho de excelência em prol da arte da dança no Brasil e outorgado à fundadora da companhia Hulda Bittencourt, que hoje compartilha a direção artística com a filha e bailarina, Dany Bittencourt.

Ademais, veja mais:

Trap de Cria | Documentário mergulha na cena trap carioca e dá voz às comunidades
No Dia Internacional da Dança, apenas dance | e leia
Dançarina Faby TiZee | “Você passa a enxergar todo o desempenho e técnica envolvida durante a apresentação”

Escreve o que achou!