Thursday, December 8, 2022

Sobre o Dorso das Fêmeas | Companhia Arteira prepara novo trabalho inspirado em obra literária

Desde agosto de 2022, a Companhia Arteira vem trabalhando para estrear em novembro o espetáculo “Dorso”, inspirado no livro de contos “Sobre o Dorso das Fêmeas”, de Eliane França. O novo espetáculo conta com a direção do premiado diretor Renato Carrera.

O primeiro encontro do diretor com a companhia foi durante a pandemia, em uma oficina que ministrou no Projeto Sesc Dramaturgias, sobre a construção de monólogos performáticos, a partir de textos e temas previamente escolhidos pelos atores. Os integrantes do grupo vinham estudando, juntos, um conto de Gabriel Garcia Marques e levaram à oficina. Após esse encontro, a Companhia o convidou para dirigir “Dorso”.

Equipe poderosa

A montagem envolve uma equipe de mais de 20 profissionais, entre artistas residentes em Nova Friburgo e Rio de Janeiro. O processo de construção do trabalho parte do desenvolvimento de um estudo onde busca-se a apropriação pessoal e artística do texto, através do entendimento em conjunto, das ideias e das descobertas durante os ensaios.

A equipe criativa do espetáculo composta, em sua maioria por mulheres, vem trabalhando desde agosto na CASA – Companhia Arteira Sede Artística – sede do grupo. A ideia é criar e desenvolver o trabalho que inicialmente será apresentado em espaços não convencionais, viabilizando sua apresentação em cidades do Estado onde ainda não existem teatros.

Além das quatro atrizes de idades variadas (Débora Rebel, Denise Peixoto, Gabriela Ribas e Silvia Araújo) e os dois atores (Cássio Campos e Gero Band), a cenógrafa Rebeca Queiroz, a figurinista Patrícia Muniz e a musicista Gabriela Sämy Dungs também acompanham os ensaios. Entre encontros virtuais e presenciais, os artistas chegam a fazer imersões com até 12 horas de duração, adaptando, criando, vivenciando e refletindo sobre os temas contidos no livro, histórias recheadas de ironia, humor e esperança.

Intimidade

Em “Dorso”, o público é convidado a dividir histórias que revelam a intimidade, a força, a beleza, a alegria, a dor e as incertezas femininas, através de assuntos bem atuais. O espetáculo convida o público a entrar em universos nem sempre confortáveis, contando e cantando histórias simples compostas por temas comuns como o envelhecimento, o casamento, a primeira menstruação, o suicídio, a amizade e o amor.

A estreia, com curtíssima temporada em novembro e início de dezembro de 2022, será na CASA – Companhia Arteira Sede Artística, na Rua Mac Níven, 45 – Centro – Nova Friburgo, sede que está completando um ano de existência. O espaço mantém suas portas abertas para atividades culturais de outros fomentadores da cultura, com a proposta de dar oportunidades à classe artística no momento em que espaços culturais públicos de Nova Friburgo encontrarem-se fechados. “Dorso” também será apresentado em Duas Barras e Cordeiro.

Ademais, veja mais:

FEVEST presencial supera expectativas em Nova Friburgo

Inner Cartography – Volume 1 | Larissa Goretkin lança seu primeiro álbum autoral

Crítica | Mais do que uma biografia, ‘Otto: de trás p/ diante’ fala de amor por literatura

Escreve o que achou!