Monday, September 27, 2021

Conheça os vencedores do Festival Internacional do Documentário Musical | IN-EDIT

Saiu o vencedor do IN-EDIT, o Festival Internacional do Documentário Musical, que rolou de 9 a 20 de setembro. O júri, formado por Deborah Osborn, sócia-fundadora do estúdio e produtora bigBonsai, Emílio Domingos, cineasta, Jorge du Peixe, músico integrante da banda Nação Zumbi, e Patrícia Rabello, produtora, escolheu Dom Salvador & Abolition, de Artur Ratton e Lilka Hara, como o grande vencedor do festival. Os longas Garoto – Vivo sonhando, de Rafael Veríssimo, e Neojiba – Música que transforma, de Sérgio Machado e George Walker Torres, também ganharam homenagens. O primeiro recebeu menção honrosa de pesquisa e documentação e, o segundo, menção especial do júri.

Ademais, o festival fez uma parceria com o projeto de formação audiovisual É nóis na fita, que oferece cursos gratuitos de cinema para jovens de 15 a 20 anos da periferia de São Paulo. Cinco alunos do projeto receberam convites para compor um júri jovem e avaliar os curtas-metragens disponíveis na programação. Esse júri escolheu como melhor curta do festival Cidade São Mateus, de Gabriel César, sobre a produção musical do bairro São Mateus, em São Paulo.

Além disso, saiba mais sobre o documentário vencedor

Dom Salvador & Abolition mostra o dia a dia do pianista Dom Salvador, que mora em Nova York, e volta, também, a seu passado para que o espectador conheça um pouco mais sobre a vida e a carreira do importante músico. O documentário, assim como os dois que ganharam menções do júri, ficará disponível na plataforma do festival até o final do dia 22 de setembro, terça-feira. Você pode acessar no link a seguir: https://br.in-edit.org.

I may destroy you | Entenda porque é a melhor série do ano
Confira a voz feminina representada em 7 HQs | Mulheres e Quadrinhos
Valéria | Série espanhola da Netflix aposta em dramas da geração millennial

Ademais, saiba mais sobre o Cine África:

1 Comment

Escreve o que achou!

%d blogueiros gostam disto: