Conecte-se conosco

Cinema

Batem à Porta | M. Night Shyamalan voltou

Publicado

em

Batem a Porta critica

Assistimos Batem à Porta (Knock at the Cabin), novo suspense de M. Night Shyamalan. A princípio, durante as férias em uma cabana remota, uma jovem e seus pais são feitos reféns por quatro estranhos armados que exigem que a família faça uma escolha impensável para evitar o apocalipse.

Com essa premissa ficava a dúvida de qualquer pessoa que conhece o trabalho de Shyamalan: seria tão bom quanto O Sexto Sentido e Sinais ou tão ruim quanto Fim dos Tempos?

O primeiro ato não apresenta muito background de personagens (na verdade não temos nada sobre eles), e vai direto para bater a porta e invadir. Faltam explicações, senti muita falta de saber mais sobre a família e sobre as quatro pessoas (simbolizando os 4 cavaleiros do apocalipse, só que meio ao contrário eu diria). Eles contam um pouco de si, mas talvez um background traria mais emoção.

Aliás, se liga no trailer, e siga lendo:

Em seguida, vemos a dúvida começar a pairar na família, coisa que no começo não existia. É aqui que dá pra reparar que essas quatro pessoas não foram escolhidas ao acaso.

Afinal, no último ato temos a redenção e o esperado acontece, exatamente como esperávamos desde o primeiro minuto de filme. Entretanto, é tudo redondo, bem previsível e com nada fora dos eixos, zero plot ou algumas explicações.

Sabemos que Shyamalan é conhecido por usar essa temática de espiritualidade e o desconhecido, e ainda faz isso de uma forma bem única.

Talvez Batem à Porta poderia ter sido melhor trabalhado em quase todos os âmbitos como roteiro, direção, entre outros. Porém, entrega exatamente o que quer, sem surpresas e planta dúvidas na sua mente. Você mataria alguém da sua família para salvar a humanidade? É como se o diretor desejasse que cada um responda para si fora do cinema.

E você, se interessou por Batem à Porta? Qual seria sua resposta?
Comenta aqui e vamos discutir sobre isso =)

Ademais, veja mais:

Órfã 2: A origem | Crítica

Crítica | Predestinado: Arigó e o Espírito do Dr. Fritz

Coreógrafo de Danças Urbanas e produtor cultural. Amante de K-pop e viciado em séries. Eterno estudante de marketing, linguagem corporal e inteligência social.

Anúncio
Clique para comentar

Escreve o que achou!

Cinema

A Cabana – Curta-metragem com Dira Paes busca financiamento no Catarse

O financiamento ajudará na finalização do curta da diretora Barbara Sturm.

Publicado

em

O curta-metragem de ficção A Cabana apresenta Dira Paes (Alice) e Zé Carlos Machado (Jorge) em um lugar que poderia ser qualquer um. Um homem e uma mulher, levando uma vida em comum de forma nebulosa, como não é raro acontecer. Ausentes e mecânicos, em meio a neblina que os cerca cada vez mais. Um casal que não se vê. Até quando?

Para conferir mais informações sobre o curta, as recompensas e como apoiar, clique AQUI.

Para entender o que é o Catarse siga lendo o texto após o vídeo da campanha de A Cabana:

A diretora feminista Barbara Sturm

Formada em cinema, dirigiu três curtas-metragens. Atua desde 2007 no mercado de cinema brasileiro, já atuou como programadora no Cine Belas Artes, como gerente de aquisições na Pandora Filmes – onde foi responsável pelo lançamento de ‘Que Horas Ela Volta?” de Anna Muylaert.

Passou pela Pipoca Digital, e em 2017 assumiu como gerente de conteúdo na Elo Company, onde criou e coordena o Selo ELAS – projeto de apoio a longas-metragens brasileiros dirigidos por mulheres. É professora do curso O Mercado da Distribuição de Filmes, que já teve 18 turmas e mais de 100 alunos em todas as cinco regiões do Brasil. Faz parte do coletivo de inteligência estratégica ASAS.BR.COM e do grupo MAIS MULHERES NO AUDIOVISUAL BRASIL.

Sobre o Catarse

O Catarse é uma plataforma brasileira de financiamento coletivo para projetos criativos, que vão dos mais simples até os mais elaborados. O projeto foi ao ar no dia 17 de janeiro de 2011. Foi a primeira plataforma de crowdfunding do Brasil.

As campanhas podem ser financiadas formas diferentes. Em uma campanha Flex, caso do curta A Cabana, o projeto será lançado mesmo que não alcance a meta, geralmente os idealizadores já tem verba para finalizar e só precisam de mais uma ajuda.

Por último, leia mais:

Percy Jackson – Roteiristas já começaram a trabalhar na 2ª temporada

‘A Terra Negra dos Kawa’, longa nacional de ficção científica estreia nos cinemas | Veja o trailer

Marabá | Novo filme de Valdsom Braga estreia em abril

Continue lendo
Anúncio
Anúncio

Cultura

Crítica

Séries

Literatura

Música

Anúncio

Tendências