Thursday, September 23, 2021

Gorbachev.Céu | É Tudo Verdade mostra outro lado do político russo

Quase todos tem um certo preconceito em relação a políticos, não que não exista um motivo para odiá-los. Quando se pensa no líder da União Soviética pré-dissolução é natural ter ideias ainda mais retrógradas; entretanto Gorbachev.Céu mostra que de alguma forma todos estamos errados, pelo menos quanto a Mikhail Gorbachev. Depois de inúmeros presidentes ineptos ou despóticos, ver um homem honestamente democrata, apaixonado pela esposa e pelas artes e com bom humor é quase insano.

Para facilitar a vida de quem assiste, Gorbachev.Céu começa com uma breve recapitulação de quem foi o Grande Mikhail Gorbachev, explicando a sua importância durante a crise política da guerra fria e o seu papel na dissolução da União Soviética. Mais interessante do que este prólogo são as conversas mais aquecidas discutindo estes temas entre diretor e dirigido. Obviamente a luz ainda não se apagou neste russo de estatura mediana, mas com uma mente límpida e afiada.

Diálogos e humores

Em termos de ritmo, Gorbachev.Céu é lento, quase cansativo, mas ainda assim consegue prender a atenção da audiência em alguns momentos. Em menos de 2h vemos conversas espaçadas e alguns vários momentos contemplativos ou em que o ex-presidente soviético interage com os seus funcionários. Por um lado, essas interações sempre educadas e bem-humoradas de Gorbachev aparentam ser forçadas para gerar uma narrativa mais benevolente sobre esta figura, entretanto, a naturalidade com que Gorbachev conversa e lida com aqueles a sua volta é curiosamente doce. Chegamos num ponto onde ser agradável e educado parece algo completamente inesperado vindo de uma figura de autoridade; seria excelente ter mais estadistas desse tipo.

Mesmo com toda essa aura afável de um idoso simpático, não deixamos de ver um tigre por trás de Gorbachev quando ele é acuado. O diretor tenta o fazer reconhecer alguns erros durante a sua presidência, mas Gorbachev é mais sagaz. A cena em que ambos discutem sobre a libertação dos bálticos é quase hilária; enquanto o ex-presidente se mantém controlado e mede cada palavra o diretor parece a beira de uma síncope, completamente incapaz de provar o seu ponto.

Conclusão

Finalmente, as considerações finais. Gorbachev.Céu é quase um obituário antes da morte. O documentário se passa às portas de 2020 com um protagonista idoso e enfermo, não é necessário ser um gênio para ver que correram para finalizar essa obra antes que algo acontecesse. O próprio filme deixa isso claro com a última cena flutuando agourenta sobre nós. É um filme moderadamente interessante que conta a história de um homem extraordinário, mas não mortalmente interessante. Saiba mais no É Tudo Verdade.

Ademais, veja mais:

Crítica | A saber, ‘Era Uma Vez Um Sonho’ é elegia caipira emocionante na Netflix
Todas as Canções de Amor | Crítica
6.7
Gorbachev.Céu

Excelente cinematografia mas essencialmente lento apesar do personagem forte

Escreve o que achou!