Mulheres pioneiras no hip-hop em quatro países lançam clipe histórico | Barras Maning Arretadas

O projeto de hip hop Barras Maning Arretadas conseguiu reunir as rappers pioneiras em diferentes países para uma iniciativa histórica. No último dia 08 de março de 2021, Dia Internacional da Mulher, foi lançado um clipe de rap com as pioneiras do Brasil (Sharylaine), Bolívia (Nina Uma) e São Tomé e Príncipe (Zafa MC). Além disso, a única beatmaker mulher em atividade de Moçambique, Carina Houston, realizou a produção do instrumental.

Apesar de serem pioneiras, as artistas são de gerações bem diferentes, mostrando como a barreira para as mulheres tem diferentes proporções em cada um dos países. A brasileira Sharylaine atua desde a década de 1980. Nina Uma começou na década de 1990. Enquanto isso, Carina Houston iniciou na produção de beats há cerca de 10 anos. Já Zafa MC lançou as suas primeiras músicas em 2020, quebrando a barreira da invisibilidade feminina em São Tomé e Príncipe.

Aliás, confira o clipe que reúne a força dessas artistas:

Mais um clipe

Ainda na data do Dia Internacional da Mulher, o projeto Barras Maning Arretadas lançou um clipe de hip hop com rappers destaques de quatro continentes, também beat de Carina Houston.

Da África, estão as moçambicanas Guiggaz M Power e Carina Houston. Guiggaz é a criadora do projeto Revolução Feminina, que busca reunir o maior número de mulheres possível para enfrentar a invisibilidade estrutural sofrida pelas mulheres, dentro e fora do hip-hop.

Da Europa, vem a francesa L’ Originale K, líder da Associação Mamães Coragem, que visa realizar ações para que mães com filhos portadores de necessidades especiais enfrentem em solidariedade essa situação. L’ Originale K possui um filho com autismo.

Das Américas, as representantes são artistas que surgiram nas batalhas de rap, sendo por muitas vezes as únicas mulheres participantes dessas batalhas. Mulexa XIII é brasileira erradicada em Portugal e venceu muitos circuitos de rima no Rio de Janeiro. Por fim, já na América Central, HEFZI-BA conseguiu diversas vitórias em batalhas em Cuba.

Afinal, confira o clipe:

Ademais, veja mais:

Cidade Invisível | O folclore brasileiro na Netflix , o retorno do Saci e a Lapa mística

Bárbaros | Epicidade e drama cativam na série original Netflix

Por fim, Cidade dos Mortos | Série russa explora cenário apocalíptico

1 Comment

Escreve o que achou!

%d blogueiros gostam disto: