Wednesday, February 19, 2020

Uma tarde em Aveiro, Portugal

Aveiro é uma agradável cidade de Portugal, especificamente conhecida como a Veneza Portuguesa. Isso porque tem um rio com gôndolas que levam as pessoas para passear. Em uma dessas promoções animadoras, saindo de Porto, o comboio (trem) saiu por 2 euros ida e volta. Aliás, as gôndolas sempre tem alguns desenhos. Pude perceber uma que tinha do jogador Eusébio, mas a maior parte tem alguma piada de cunho sexista.

Lá costuma ter uma festa para São Gonçalinho, o casamenteiro das velhas, ou, como dizem por lá, “o Santo que resolve quando Santo Antônio falha”. Ademais, ainda tem um doce popular que homenageia o santo, chamado “quilhões de São Gonçalo”, com formato fálico.

Doce fálico em Aveiro
Os doces fálicos e São Gonçalo no Museu da Arte Nova

São Gonçalo de Amarante
Casai-me que bem podeis,
Já tenho teias de aranha,
Naquilo que vós sabeis.

São Gonçalo de Amarante
Feito de pau azevinho
Dai-me força no vergalho;
Como porco no focinho

São Gonçalo de Amarante
Que estás virado prá vila
Virai-vos pró outro lado
Que vos dá o sol na pila

Aveiro, em Portugal.
Veneza Portuguesa

A saber, em Aveiro, tudo fica próximo e pode ser feito a pé. O Museu da Arte Nova não tem tanta coisa, mas possui uma casa de chá fofa. Após andar um pouco mais tem o Museu da Cidade, maior e com algumas peças históricas da cidade. Também há exposições contemporâneas. No domingo que estive era sobre a forma como estamos tratando o planeta. Por fim, ao sair pelas ruas, comi pizza em um estabelecimento local, atendido por um angolano. Falou que 80% do público ali era de brasileiros. Realmente, a quantidade de brazucas é impressionante.

Em suma, Aveiro vale um passeio rápido, pelo seu sossego e peculiaridades.

Veja mais de Portugal:
André B. Silva 4Tet louva o jazz na Casa da Música do Porto
Luísa Mota sobe a construção como máquina de arte no Porto
Henri Cartier-Bresson ganha exposição na Alfândega do Porto

 

Anúncios
Show More

Escreve o que achou!

Instagram