Saturday, November 28, 2020

Classic Telecast | Óperas de graça e o protagonismo dos clássicos do Met

Essa semana o Met se dedica a exibir montagens do Classic Telecast! Antes do Met HD a exibição das óperas do Met chamava-se Classic Telecast, era a forma como se tinha de exibir e ver as óperas fora do espaço físico do Metropollitan Opera House. Essa semana predominam montagens clássicas dos anos 80, duas do início, uma do final e outra do início dos anos 90. Para fechar a semana tem mais 3 montagens em HD já do século XXI.

Aliás, teremos algumas obras interessantes, Tosca e O Barbeiro de Sevilha são as mais famosas da semana, as que estão sempre em cartaz. Verdi estará presente com Um Ballo in Maschera e Simon Boccanegra, que vem sendo constante nas transmissões do Met. Teremos o clássico de Tchaikovsky, Eugene Onegin, e além dessas dois compositores de uma única ópera: Francesca da Rimini de Francesco Zandonai e Hansel and Gretel – Engelbert Humperdinck

10-08 – Tosca – Giacomo Puccini

Puccini é um protegido do Met, não se passa uma semana sem ao menos uma obra dele em cartaz. Tosca essa semana é a obra da vez. A tragédia de Tosca que encanta os palcos e plateias há mais de 100 anos é uma história profunda que o público nunca cansa. Essa apresentação foi filmada em 2013 e quem canta é : Patricia Racette, Roberto Alagna e George Gagnidze. A regência fica por conta de Riccardo Frizza.

18-08 – Francesca da Rimini – Francesco Zandonai

A obra de Zandonai dificilmente é encenada. Compositor da virada do séc. XIX para o XX é conhecido basicamente por essa ópera. Porém é uma bela obra. Tem a história adaptada de um trecho da divina comédia, o clássico de Dante Alighieri. Não difere das obras que são suas contemporâneas, é uma tragédia . Essa filmagem é de 1984 e tem no elenco Renata Scotto, Plácido Domingo e Cornell MacNeil. A regência é de James Levine.

19-08 – Eugene Onegin – Tchaikovsky

Obra prima operística de Tchaikovsky, é uma das principais óperas do repertório russo, se não a mais importante. A cena da carta é uma das preferidas do público e emociona todas audiências. A estrela dessa gravação é a Soprano Ana Netrekbo. A russa é uma das principais vozes atuais e se destaca principalmente ao cantar o repertório dramático russo. Abaixo segue vídeo de Ana Netrekbo cantando a cena da carta de forma dramática e intensa. Essa filmagem é de 2017 e além de Netrebko conta com  Elena Maximova, Alexey Dolgov, Peter Mattei e Štefan Kocán A regência é de Robin Ticciati.

20-08 – Um Ballo in Maschera – Giuseppe Verdi

Traduzido como Um baile de máscaras , essa é uma famosa ópera de Verdi que estreou em 1859 em Roma. É uma das obras intermediárias de Verdi, que foi escrita quando o compositor começava a gozar de fama gigantesca. A ópera é levemente baseada no assassinato do rei Gustavo III da Suécia, mas não segue rigorosamente os fatos. Por conta do tema de assassinato de um monarca, Verdi foi convidado a mudar muitas parte de sua obra para não causar problemas. Essa apresentação foi gravada em 1991, e é mais uma das filmagens do Met que trazem o saudoso Luciano Pavarotti, além de Aprile Millo, Harolyn Blackwell, Florence Quivar e Leo Nucci. Fora isso a regência é de James Levine.

21-08 – Simon Boccanegra – Giuseppe Verdi

Simon Boccanegra não é das óperas mais montadas de Verdi, apesar de que Verdi é sempre muito montada. Mas coincidentemente o Met vem trazendo algumas exibições da ópera. Essa gravação é de 2010, e Plácido Domingo participa dela, mas é interessante observar que não participa como tenor, voz que executou ao longo de boa parte de sua vida. Depois que envelheceu, Domingo passou a cantar muitas vezes o papel de Barítono, principalmente em obras de Verdi, onde sua voz encaixa muito bem. Quem faz o papel de Tenor é Marcello Giordanie estão também no elenco Adrianne Pieczonka e James Morris. A regência fica por conta de James Levine.

22-08 – Il Barbiere di Siviglia –  Rossini

O Barbeiro de Sevilha é uma das mais famosas comédias do repertório operístico. Afinal, é a obra mais celebrada de Rossini, encenada com frequência em qualquer casa de ópera do mundo desde a primeira metade do século XIX. Inclusive, a ópera ficou tão famosa que superou a fama da peça na qual foi baseada, e era uma peça bem famosa. Essa filmagem é de 1988 e fazem parte do elenco Kathleen Battle, Rockwell Blake, Leo Nucci, Enzo Dara e Ferruccio Furlanetto. A regência é de Ralf Weikert.

23-08 – Hansel and Gretel –  Engelbert Humperdinck

Humperdinck é outro compositor que conta com basicamente uma ópera de sucesso. Era um protegido do importante Richard Wagner, mas mesmo assim sua única ópera a continuar sendo encenada é Hansel e Gretel. A ópera foi primeiramente pensada para o público infantil, foi baseada em um conto dos irmãos Grimm. Agrada ao público infantil, mas também à musicólogos e críticos do mundo todo. Essa filmagem é de 1982 e estão no elenco Judith Blegen, Frederica von Stade, Jean Kraft, Rosalind Elias, Michael Devlin e condução de Thomas Fulton.

Enfim, as óperas são disponibilizadas diariamente no site do Met (metopera.org) sempre por volta das 19h e ficam no ar por 23h. Além das óperas ficam disponíveis os programas (playbill) e muitos textos com informações complementares.

Ademais, veja mais:

World of Wine no Porto e as uvas europeias no nordeste brasileiro
Porto dos Gatos | Beba um café com os felinos
Philip Glass e “The Portrait Trilogy” | Einstein na praia e a revolução da ópera no século XX

 

Escreve o que achou!