Saturday, December 3, 2022

A Saga De Um Só | Livro retrata a perseguição por causa da obra ‘Os Orixás do Candomblé’

José Figueiredo, ou Z´figueiredo, é um escultor e artista plástico luso-brasileiro. A princípio, entre os anos de 1974 e 1978, aprendeu com o escultor Gildo Zampol as técnicas clássicas dessa forma de expressão e aos 30 anos concluiu a obra Os Orixás do Candomblé, que deu origem ao enredo de seu primeiro registro literário, a obra autobiográfica A Saga de um só.

No livro, Z’figueiredo narra desde o início de sua trajetória artística, em uma festa para comemorar também seus 30 anos, que deveria ter durado um dia, mas se se alongou por mais tantos, em seu ateliê localizado em Embu das Artes, em São Paulo.

A narrativa continua e lemos que o jovem prestou vestibular para Arquitetura, mas acabou ingressando na Faculdade de Filosofia Ciências e Letras Sedes Sapientes da PUC São Paulo. Em seguida, participou de diversos salões e exposições e, no início dos anos 1970, foi selecionado para a Bienal Nacional – Brasil Plástica 72 – Mostra do Sesquicentenário da Independência, o que o levou a recusar uma bolsa que pleiteara junto à Fundação Calouste Gulbenkian.

Porém, a base da saga é ligada intrinsecamente aos seus orixás, que, em tempo de ditadura militar, causaram desconforto na Igreja Católica por anos, em processos judiciais, agonia que durou mais de duas décadas.

Ficha técnica:

A saga de um só

Autor: Z’figueiredo

Astrolábio Edições

Editora: Vitória Scritori

Coordenador Editorial: Vasco Duarte

Capa: Vasco Duarte

Composição Gráfica: Pedro Panarra

Revisão: Ana M. Coutinho e Castro e Eliana Rocha

1.ª Edição: Novembro, 2022

Páginas: 436

Impressão e acabamento: Atlântico Print

ISBN: 978-989-37-3572-5

Valor de capa: R$ 85,90

https://www.livrariaatlantico.com.br/pd-91c815-a-saga-de-um-so-z-figueiredo.html?ct=&p=1&s=1

1 Comment

Escreve o que achou!