Saturday, September 24, 2022

Bete Balanço | Emilio Dantas e Bloco Exagerado gravam versão inédita

Parece mentira, mas não é. Dia 1º de abril os fãs de Cazuza conhecerão uma nova versão de “Bete Balanço”, um dos clássicos eternizados na voz do poeta na fase em que fora vocalista do Barão Vermelho. Na nova versão, Helton Alves, vocalista do Bloco, divide os vocais com o ator e cantor Emilio Dantas, que teve seu nome alçado à fama quando interpretou o protagonista no musical “Cazuza – Pro dia nascer feliz”. A versão, que estará disponível para pré-save a partir de 28 de março em todas as plataformas digitais, soma-se às outras quatro anteriormente lançadas em novas versões pelo Bloco, que desfila no carnaval carioca homenageando Cazuza desde 2016.

“Desde 2020 o Bloco Exagerado vem lançando singles com as versões carnavalizadas das canções de Cazuza. Criamos esse projeto especificamente para o Edital de apoio ao Carnaval da Prefeitura do Rio de Janeiro, que não aconteceu devido à pandemia da Covid-19. A ideia é homenagear os 40 anos do Barão e, por isso, a música escolhida foi ‘Bete Balanço’, um dos maiores sucessos do grupo na época que o Cazuza ocupava o posto de vocalista”, ressalta Rafael Braga, produtor e fundador do Bloco.

Ponto Alto

Um dos maiores hits do Barão Vermelho na voz do Cazuza e ponto alto do show do Bloco Exagerado, a versão lembra o funk carioca dos anos 1990 e o maculelê, conhecido como “batidão” – atual funk carioca 120 bpm. Todos os instrumentos usados no bloco estão presentes na gravação: surdos, repique, tamborim, caixa, agogô e chocalho. A composição original já possui um clima pop-rock alegre e, por isso, a versão do Exagerado seguiu a mesma base e incluindo as batidas do funk, sendo uma homenagem ao ritmo, à cidade do Rio de Janeiro e, claro, a Cazuza.

“É uma realização, sempre foi uma vontade do bloco trazer o Emílio para uma participação. Sou muito fã do Cazuza e poder estar próximo de gente que faz parte da vida dele, ou que traz à tona o que ele representa para a música, é muito gratificante. Nesta versão contamos ainda com Guto Goffi, nosso padrinho e maior parceiro, que fez a produção musical dos arranjos do Felipe Bruno, nosso Mestre de Bateria”, celebra Rafael.

O lançamento se reporta diretamente ao mês do aniversário de Cazuza, que, se vivo fosse, completaria 64 anos.

“É exatamente isso e parafraseando ele mesmo, ‘o nosso astro merece’! O que a gente puder fazer para homenagear Cazuza o ano inteiro, vamos fazer”, pontua Rafael. “O Bloco me põe na máquina do tempo para de novo viver esse balanço (de Bete) numa pegada diferente, mas com o mesmo escárnio às caras tristes fingindo que a gente não existe. Agora só penso no momento em que possamos cantar juntos ao vivo porque, afinal, é bloco. É forte. E é Cazuza!”, encerra Emilio.

SERVIÇO

LANÇAMENTO DO SINGLE “BETE BALANÇO”

QUANDO: 1º de abril

ONDE: Todas as plataformas de música

INSTAGRAM: @blocoexagerado

PERFIL NO SPOTIFYhttps://open.spotify.com/artist/1JkB9Si1IZWztdzCJLld43?si=ADaijRCWRFaoiiNrRXDVkw

Ademais, veja mais:

Sacanear | EP do Bule é synth pop psicodélico de Pernambuco

Zé Bigode Orquestra e BNegão se juntam no single ‘Eles querem o poder’

Alok e Juliette lançam o reggaeton ‘Un Ratito’

Escreve o que achou!