Monday, September 20, 2021

Cheia de Manias | Art Popular volta aos palcos com ‘Os Bambas’

Já está nas plataformas digitais, o clássico “Cheia de Manias”, uma releitura do grupo Art Popular, gravada para o projeto “Os Bambas”. A saber, o show é uma obra de ficção e os personagens ganham interpretação através integrantes do grupo Art Popular. O projeto revive uma sonoridade que, há muitas décadas, não revela mais artistas no samba, mas que foi a trilha sonora de vários discos importantes pra música brasileira.

“Os Bambas” é um show com releituras de clássicos do samba como Ataulfo Alves, João Gilberto, Trio Mocotó, Agepê, Jair Rodrigues, Baden Powell, Demônios da Garoa, Jorge Ben, Olodum, Banda Raça Negra, entre outros.

O repertório inclui clássicos como “Canto de Amor”, “Canto de Ossanha”, “Aquarela Brasileira”, “Tristeza”, “Tiro ao Álvaro”, “Cheia de Mania” e “Moro Onde Não Mora Ninguém”. Entretanto, é tudo no ritmo do velho grupo Originais do Samba, com instrumentos mais antigos como surdo, agogô e cuíca, incluindo o acompanhamento de bateria, piano e contrabaixo acústico.

Pelo Telefone

O musical foi gravado ao vivo no Auditório do Ibirapuera em agosto de 2019. Aliás, contou com as participações de Leci Brandão e Anderson Leonardo (Grupo Molejo). Na narrativa, o grupo viveu seu auge da carreira entre as décadas de 60 e 70. Seus integrantes eram músicos importantes na época, que se relacionavam com cantores que construíram a cena do samba no Brasil. Ou seja, passa desde Donga, autor de “Pelo Telefone”, até Pixinguinha e Noel Rosa. Frequentadores de toda a cena do movimento do samba, eram vistos constantemente em casas de shows, bares, escolas de samba, rádios e festivais.

Afinal, veja “Cheia de Manias”:

Ademais, veja mais:
Contos de Amor | Editora Solar dos Livros lança obra sensível e criativa
Além disso, Cartola Editora traz ficção científica brasileira
Enfim, a Pedra Rara da Capa Comics

Escreve o que achou!