Conecte-se conosco

Cinema

Confira os premiados no Fantasporto 2020

Publicado

em

Bunker. Veja os premiados no Fantasporto 2020.

Foi no sábado, 07 de março de 2020, que ocorreu o encerramento da 40ª edição do Fantasporto – Festival Internacional de Cinema do Porto em um cheio Teatro Municipal Rivoli, em Porto, Portugal. Dentre os premiados no Fantasporto 2020 está a produção japonesa “Ghostmaster”, de Paul Young, uma comédia fantástica gore, que ganhou o grande prêmio de Melhor Filme. A saber, a noite de encerramento ainda contou com a exibição do bom filme brasileiro de ficção científica “Loop“, de Bruno Pini, com Bruno Gagliasso e Roberto Birindelli no elenco, o qual recebeu muitos aplausos. Inclusive, Bruno Pini aproveitou o momento para ressaltar os problemas que o audiovisual brasileiro vem enfrentando.

Além disso, o filme japonês “Dancing Mary”, de Sabu, venceu o Prêmio Especial do Júri e Roderick Cabrido, das Filipinas, levou o troféu de Melhor Realizador (Diretor) por “Clarita”. Melhor Ator foi para Leif Edlund em “Koko-Di Koko-Da”, uma co-produção entre Suécia e Dinamarca. O prêmio de Melhor Atriz foi para as Filipinas, Christine Reyes no filme “Untrue”. Para o cinema português, o prêmio foi para “Bunker”, de João Estrada.

Conduzindo Almas

Dentre outros premiados no Fantasporto, temos “The Soul Conductor”, do russo Ilya Maximov, vencedor na categoria efeitos especiais. Aliás, ainda houve menção honrosa do júri para outra produção asiática, o filme coreano “Fallen”, de Lee Jung-Sub.

Premiados no Fantasporto 2020. Elenco de Fallen, filme da Coreia do Sul.
Elenco do filme ‘Fallen’, da Coreia do Sul, no Fantasporto 2020 (Foto: Alvaro Tallarico)

Em suma, o Grande Prêmio da Semana dos Realizadores foi para “Willow”, do macedônio Milcho Manchevski. Inclusive, o filme é uma coprodução entre a República da Macedônia, a Hungria e a Bélgica, no qual três mulheres têm de lutar pelo controle dos seus corpos. Inclusive, será exibido hoje às 19 horas, no Teatro Municipal Rivoli, com a presença do diretor.

Afinal, confira os prêmios:

Grande Prêmio – Melhor Filme
Ghostmaster, de Paul Young
Prêmio Especial do Júri
Dancing Mary, de Sabu
Melhor Realização (Direção)
Roderick Cabrido, por Clarita
Melhor Ator
Leif Edlund, em Koko-Di Koko-Da
Melhor Atriz
Christine Reyes, em Untrue
Melhor Argumento
Dead Dicks, de Chris Bavota
Melhores Efeitos Especiais
The Soul Conductor, de Ilya Maximov
Melhor Curta-Metragem
Breaking and Entering/ Moros en la Costa, de Damiá Serra Cauchetiez
Menção Especial

Fallen: Director’s Cut, de Lee Jung-Sub

30ª Semana dos Novos Realizadores (Diretores)

Melhor Filme
Willow- Milcho Manchevski
Prêmio Especial do Júri
Una Chica Invisible, de Francisco Bendomir
Melhor Realizador (Diretor)
Béla Bagota, por Valan: Valley of the Angels
Melhor Argumento
Béla Bagota, por Valan: Valley of the Angels
Melhor Ator
Cem Bender,  em Omar and Us
Melhor Atriz
Yeong-ae Lee, em Bring Me Home

Prêmio Cinema Português

Melhor Filme

Bunker ou Contos que Ouvi Depois do Mundo Acabar, de João Estrada

Menção Especial do Júri

Por Detrás da Moeda, de Luis Moya

Melhor Escola de Cinema Portuguesa

ETIC/EPI (Lisboa)

Prêmio do Público

Por Detrás da Moeda, de Luis Moya

Ademais, leia mais:

Gone | Filme finlandês traz um mochileiro que se teleporta | Fantasporto 2020
UnTrue | Filme filipino surpreende no Fantasporto 2020
Direção de Fotografia no cinema, o que é? Flávio Ferreira explica nesse podcast!

Cinema

Zack Snyder leva exclusividade de Rebel Moon à CCXP23

Zack Snyder e elenco de Rebel Moon levam Palco Thunder à loucura na CCXP23.

Publicado

em

Em uma noite que entrará para a história da CCXP, a Netflix e Zack Snyder apresentaram pela primeira vez para o público, na sexta (1), o universo de Rebel Moon, nova aventura épica do diretor. Além de Snyder, que fez sua grande estreia na CCXP, o elenco do filme e os produtores Deborah Snyder, Eric Newmann e Wes Coller também participaram do painel no Palco Thunder, nesta sexta (1), onde aconteceu a primeira exibição mundial de Rebel Moon – Parte 1: A Menina do Fogo, que estreia no dia 22 de dezembro na Netflix.

O aguardado painel, que contou com a apresentação de Carol Moreira e João Luis Pedrosa, começou com a invasão do temido Mundo-Mãe. Soldados dominaram o palco e, em seguida, a audiência foi transportada direto para os planetas e luas da saga, como Veldt e Neu-Wodi, além de descobrirem as criaturas e novos heróis do universo Rebel Moon! Snyder, os produtores e elenco, formado por Sofia Boutella, Djimon Hounsou, Ed Skrein, Michiel Huisman, Ray Fisher, Charlie Hunnam, Staz Nair e E. Duffy, receberam muitos aplausos dos fãs brasileiros a cada interação dos atores. Para o delírio do público, Charlie Hunnam exibiu a camiseta do Brasil por baixo do figurino, Ed Skrein fez uma entrada triunfal ao lado de soldados do Mundo-Mãe, enquanto Staz Nair surpreendeu o público ao mandar ver no português, com direito a um “obrigado, família!”.

Exclusividade para o Brasil

Snyder, junto do elenco e demais produtores, compartilhou detalhes exclusivos sobre os personagens e as experiências de gravação no set de filmagem. Em um momento emocionante de celebração dos fãs, seis sortudos da plateia puderam fazer suas perguntas diretamente para os atores. “Para mim, escalar o elenco é uma parte muito importante de fazer um filme. Eu tinha ideias muito específicas do que queria para os personagens. É uma honra e um privilégio incrível trabalhar com esses atores”, comentou Snyder, enquanto Sofia celebrou sua protagonista “badass”. 

No auge do painel, a exibição na íntegra de Rebel Moon – Parte 1: A Menina do Fogo, no telão do Thunder, se materializou em um espetáculo visual repleto de ação e efeitos especiais que deixou a audiência em êxtase. “Rebel Moon é uma carta de amor para a ficção científica”, anunciou o diretor sob uma salva de palmas.

Mais surpresas

E não parou por aí. Ao final da sessão, o público (e o elenco!) se surpreenderam com um teaser inédito da Parte 2 do filme, também exibido pela primeira vez no Brasil. Com isso, a expectativa foi lá no alto para a estreia de Rebel Moon – Parte 2: A Marcadora de Cicatrizes. A parte 2 chega na Netflix em 19 de abril de 2024.

Vale lembrar que o público da CCXP tem até domingo (3) para explorar o universo Rebel Moon através de experiências imersivas exclusivas. Réplicas hiperrealistas, interações com criaturas do filme, visitas ao bar de Providence e a oportunidade única de estrelar Rebel Moon em um trailer personalizado. Essas são apenas algumas das experiências que aguardam os fãs nos próximos dias. Chega mais, o futuro pertence aos rebeldes.

Por fim, leia mais:

Confira os principais destaques da CCXP 2023: adult swim, HBO Max e Unlock CCXP

CCXP 23: Gigantesco evento completa 10 anos com toque carioca, confira as dicas!

Cinefantasy inicia no sábado sua 15ª edição

Continue lendo
Anúncio
Anúncio

Cultura

Crítica

Séries

Literatura

Música

Anúncio

Tendências