Wednesday, September 28, 2022

‘Creed 2’ é testosterona e a masculinidade no divã

Tem filme que é feito simplesmente para gerar emoção, te fazer torcer pelo protagonista e é isso. Sem grande aprofundamento, sem firulas. Creed 2 é assim. Um roteiro simples e funcional, já tradicional da franquia de Rocky e seu derivado. Sylvester Stallone volta ao papel do lutador (agora treinador) que lhe consagrou e que ainda precisa encarar suas decisões do passado com relação a seu velho amigo Apollo Creed e sua própria família.

Aqui pelo menos, temos um “inimigo” mais humano. Dolph Lundgreen é Ivan Drago, pai de Viktor Drago (Florian Monteanu), o qual tem a missão de resgatar a honra e o respeito perdidos após a derrota para Rocky Balboa no Rocky IV.

Michael B. Jordan segue bem como Adonis Creed Johnson, agora campeão dos peso pesados, e Tessa Thompson é charme e beleza como sua esposa Bianca. Contudo, será que importante mesmo é ver aquele treinamento clássico de superação? É o cair e levantar, é quem aguenta mais pancada para vencer o outro e a si mesmo? Sim. E não.

Traumas e o masculino

Creed 2 explora os traumas dos lutadores em questão, os medos, os desejos, as responsabilidades. É uma das virtudes do filme que consegue conduzir o espectador com uma trilha sonora de hip hop e sabe colocar, no timing perfeito o clássico “Gonna Fly Now”, tema do Rocky.

Emociona aqueles que conhecem a franquia, que entendem a fonte em que bebe. É difícil não ouvir essa emblemática canção e ter vontade de se mexer, correr, pular, socar o ar, comemorar como se tivesse vencido um campeonato ou ter vontade de vencer um agora. A música tem gosto de vitória pessoal e é intimamente ligada a um clássico do cinema.

É cinema testosterona, sangue nos olhos, mas que também procura uma certa desconstrução dessa masculinidade, dos egos, ao colocar lágrimas que insistem em descer e revelar angústias e temores dos homens da trama. Os seres do gênero masculino sofrem, são falhos, precisam aprender a pedir ajuda e a desistir quando necessário. Os personagens mostram evolução durante as mais de duas horas de duração do longa-metragem. É sobre isso. E está tudo bem.

Enfim, Creed 2 está disponível na Amazon Prime.

Ademais, leia mais:
Crítica | Maior que o Mundo
‘A Viagem de Pedro’ pela Pequena África | Filme de Laís Bodanzky fez sua pré-estreia com passeio histórico
Crítica | 45 do Segundo Tempo

Por fim, veja um clipe em animação que une Brasil e Cabo Verde:

Escreve o que achou!