Crítica | ‘Boca do Mundo’ é um espetáculo que namora a encruzilhada

A montagem inédita da Cia Líquida, Boca do Mundo, estreou na última terça-feira (20/12), no Teatro João Caetano, no Centro. O espetáculo busca acessar através da dança a energia do orixá Exu, com direção e coreografia por Mery Horta.

Os cinco intérpretes parecem jogar entre si, e tem muitas passagens em dupla muito instigantes, onde eles parecem se amalgamar e criam novos corpos. Ou seja, todo o espetáculo é transpassado por encruzilhadas. Risadas, deboches e cenas até assustadoras estão presentes, num algo que vai além da dança, trazendo uma pegada teatral muito relevante, que eleva a qualidade do trabalho.

Exu é o orixá senhor do corpo, da comunicação, do fogo da vida, do movimento. Segundo a Marrom Glacê Assessoria, Mery Horta usou como principal referência o livro “Pedagogia da Encruzilhada”, de Luiz Rufino. O uso de pembas (um tipo de giz usado em religiões de matriz afro-brasileira, principalmente Umbanda) traçando caminhos no palco e nos corpos dos dançarinos é outra forte referência, assim como tantas outras possíveis de serem percebidas. Está aí uma das grandes graças da obra, essa percepção de Mery para combinar e alcançar coisas novas.

Thriller

Lembrei diversas vezes do marcante clipe “Thriller”, de Michael Jackson. Além disso, o samba se faz presente, assim como outros ritmos, tirando da mesmice. Há ótimas sequências de dança em câmera lenta que, em seguida, ganham uma aceleração. O trabalho de corpo dos dançarinos impressiona pela versatilidade e vigor.

A trilha sonora de Rodrigo Maré, os figurinos de Raquel Gomes e a iluminação de Jhenifer Fagundes criam todo um cenário avermelhado, que brinca com o escuro e envolve o espectador. Nenhum dos intérpretes-criadores deixa a desejar, são eles George Louzada, Largarthixaa, Lorrany Araújo, Mery Horta e Sanguessuga.

Após as belas apresentações em abril de 2022 do espetáculo Líquida, a Cia entrega outro bom trabalho, se colocando ainda mais como potência no atual cenário da dança contemporânea.

Afinal, o espetáculo Boca do Mundo volta aos palcos no dia 29 de dezembro, às 20h, no Teatro Armando Gonzaga, em Marechal Hermes.

SERVIÇO:

“BOCA DO MUNDO”

APRESENTAÇÃO MARECHAL HERMES

Data: 29 de Dezembro

Horário: 20h

Onde: TEATRO ARMANDO GONZAGA

Endereço: Av. Gen. Osvaldo Cordeiro de Farias, 511 – Marechal Hermes

Venda de Ingressos Onlinehttps://funarj.eleventickets.com/#!/home

Ingressos: R$ 10 (inteira) | R$ 5 (meia-entrada)

Bilheteria do Teatro: Quinta-feira à Domingo, de 14h às 18h. Em dia de espetáculo, aberta até às 20h30.

Duração: 60 minutos

Classificação Indicativa: Livre

Escreve o que achou!