Conecte-se conosco

Cinema

Reflexões de um liquidificador | Comédia com Selton Mello e Ana Lucia Torre na Netflix

Publicado

em

Ana Lucia Torre e o liquidificador (Selton Mello) em Reflexões de um liquidificador

Uma senhora à procura do marido sumido vai a polícia comunicar o desaparecimento de Onofre (Germano Haiut) e torna-se suspeita do provável crime. Em Reflexões de um liquidificador, a vida de Elvira (Ana Lúcia Torre) é mostrada de trás para frente e alguns flashbacks vão dando o tom do longa que dura cerca de 80 minutos. O filme que estreou em 2010 e hoje está disponível na Netflix, têm gerado discussões nas redes sociais. A direção é de André Klotzel que também trabalhou em Memórias Póstumas de Brás Cubas. 

Selton Mello dá voz ao liquidificador

A narração é feita por um liquidificador que promove grandes reflexões na trama tanto sobre aquilo que envolve a humanidade, quanto a vida útil dos próprios objetos. Selton Mello é quem empresta a voz a esse personagem que está ali conduzindo toda a trama e por vezes até mesmo conversando com Elvira. Afinal, após o conserto de sua lâmina, o liquidificador passa a perceber o que acontece ao seu redor. Sempre atento aos detalhes ele não apenas nota o que tritura, mas percebe as conversas, intenções e tudo o que passa na sua frente. “Os ouvidos torcem o que escutam, os olhos distorcem o que veem e a língua usa e abusa de frases para seduzir, confundir, melhorar ou piorar as coisas”, diz em uma das cenas. 

Comédia e suspense

A comédia com com ares de suspense pode gerar um pouco de estranheza assim como no filme O Cheiro do Ralo (2006), também protagonizado por Selton Mello. As interpretações são ótimas, mas o tom caricato de um dos investigadores pode gerar um incômodo. Algumas novidades surgem como a descoberta de que a, aparentemente doce senhora, tem o costume de empalhar animais desde a sua infância. Um hobbie nada habitual, não é mesmo? Por fim, o filme divide opiniões quanto a discordar da condução do longa ou gostar do pequeno plot twist final. Sendo assim, basta assistir para saber o que achará também. No elenco, estão presentes os atores: Fabíula Nascimento, Aramis Trindade, Zé Carlos Machado, Gorete Milagres, Sérgio Murilo, Marcos Cesano e mais. 

Ademais, leia mais:

Aliás, conheça A Incrível História da Ilha das Rosas na Netflix, vida real e a Ilha das Flores

Policia e Ladrão | Netflix apresenta obra-prima curta contra o racismo

24ª Mostra de Cinema de Tiradentes define tema e homenageia Paula Gaitán

Cinema

Barraco de Família | Saiba mais sobre a nova comédia com Cacau Protásio

Longa conta com um elenco estelar da comédia e da música, incluindo Péricles e Sandra Sá

Publicado

em

filme barraco em familia em foto de Daniel Chiacos

A comédia Barraco de Família, com direção de Maurício Eça e protagonizada por Cacau Protásio e Lellê, acaba de ter seu trailer oficial divulgado. No vídeo, conhecemos a matriarca Cleide que se vira nos 30 para cuidar de sua família na Zona Leste de São Paulo.

A princípio, o filme já tem data de estreia marcada nos cinemas: 11 de maio, semana do Dia das Mães, com distribuição da Synapse Distribution. O longa terá sessões de pré-estreia em abril em diversas cidades do país.

Aliás, confira o trailer de Barraco de Família e siga lendo:

No longa, Kellen (Lellê), uma funkeira famosa, é cancelada por causa de um vídeo polêmico vazado. Ao tentar voltar às suas origens, ela arma o maior barraco e precisará da ajuda de sua mãe, Cleide (Cacau Protásio), para desenrolar sua carreira. Apesar das brigas e confusões, essa família está pronta para se unir e resolver a situação caótica.

Péricles

Barraco de Família conta com um elenco estelar da comédia e da música nacional, incluindo o Péricles, em sua estreia nas telonas. Além disso, tem Sandra Sá, a cantora e atriz Jeniffer Nascimento, Nany People e Maurício de Barros. Completam o elenco o influenciador digital Hugo Gloss, também em seu primeiro longa, Robson Nunes, Eduardo Silva, Yuri Marçal e Lena Roque, que também assina o roteiro ao lado de Emíli

Por último, leia mais:

Muco | Documentário mostra contradição na tradição indiana (viventeandante.com)

Andança – Os Encontros e as Memórias de Beth Carvalho | Crítica (viventeandante.com)

Yoga De Rua | Enfim, conheça o extraordinário na simplicidade (viventeandante.com)

Continue lendo
Anúncio
Anúncio

Cultura

Crítica

Séries

Literatura

Música

Anúncio

Tendências