Crítica | DPA 3 – O Filme, Uma Aventura no Fim do Mundo

“DPA 3 – Uma Aventura no Fim do Mundo” traz os detetives do prédio azul em uma nova aventura cheia de magia. O tom é bem infantil e segue aquele estilo para a família toda. Um dos destaques do longa é a busca por um lugar que seria o fim do mundo e algumas passagens filmadas na Argentina. Sim, isso mesmo. Inclusive, com algumas surpresas bem vindas e divertidas. Aliás, no geral, as sequências fora do famigerado prédio azul trazem um tom maior de aventura e epicidade para a trama.

Alguns atores de renome no cenário brasileiro fazem participações especiais e elevam a qualidade da película. O elenco no geral não decepciona, mas o destaque é para Ronaldo Reis como Severino. Aqui ele vive duas personalidades distintas e desde a expressão até o tom de voz revelam as diferenças com eficiência e graça.

A jovem vilã Dunhoca (Klara Castanho)também rouba a cena quando aparece, pois tem carisma e um divertido figurino. É provável que siga o mesmo caminho que Berenice (Nicoli Orsini), que era vilã e foi para os lado dos heróis.

DPA começou como um projeto de série na TV fechada, mas cresceu a ponto de hoje ter uma trilogia nos cinemas. A história de três amigos inseparáveis que moram no mesmo edifício e acabam formando um tipo de esquadrão investigativo, o D.P.A, Detetives do Prédio Azul.

Enfim, assista a uma cena do filme:

Ademais, leia mais:

Os seis grous | Conheça o best-seller que mescla mitologia asiática com irmãos Grimm

Fate A Saga Winx | Uma escola de fadas na Netflix

Os Segredos de Dumbledore | Crônicas de Animais Fantásticos

2 Comments

Escreve o que achou!

%d blogueiros gostam disto: