Monday, September 21, 2020

Projeto Educação Descolonizadora abre inscrições na UERJ

Educação Descolonizadora é um projeto de extensão da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) que está com inscrições abertas para estudantes que queiram participar. É necessário que estejam cursando entre o 3º e 5º períodos na própria UERJ, dentro dos cursos de Letras, Ciências Humanas e Comunicação. Os currículos devem ser enviados até o dia 08 de fevereiro de 2020, com período letivo e coeficiente de rendimento, para o e-mail educacaodescolonizadora@gmail.com.

O projeto obteve nota máxima nos indicativos e ganhou menção honrosa da instituição. A base fica localizada no Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira – CAp UERJ. A saber, é coordenado pela professora doutora Danielle Bastos Lopes e outros funcionários da universidade.

Educação Descolonizadora é um projeto de extensão da UERJ que obteve nota máxima nos indicativos e  ganhou menção honrosa da instituição.
Estudo de culturas diversas

“O projeto extensionista aborda o estudo de culturas não ocidentais, fronteiriças e refugiadas na educação básica. Como o estudo de teóricos e pesquisadores indianos, curdos, ciganos, africano, indígenas. Contudo, com um viés não só acadêmico, mas buscando tratar esses autores na educação escolar”, declara Danielle Bastos Lopes.

Enfim, em 2018, o projeto Educação Descolonizadora produziu um curso extensionista que reuniu mais de 2.000 inscritos e formou 400 cursistas. Inclusive, contou com a presença de pesquisadores como José Bessa (Doutor e professor da UniRio e UERJ), Renato Nogueira (Doutor e professor da UFRRJ), Marta Ferreira (mãe pequena e doutoranda da Unicamp), Sandra Benites (professora indígena e doutoranda em Antropologia no Museu Nacional) e o líder e ativista José Guajajara (Universidade Indígena Aldeia Maracanã e doutorando em Letras na UERJ).

Ademais, leia mais:
Penumbra Estética | Roberto Alvim e Goebbels
“Acuerdos y desacuerdos”| La lucha política es mundial y no Chilena
Com Amor, Van Gogh – O Sonho Impossível | CRÍTICA

1 Comment

Escreve o que achou!

%d blogueiros gostam disto: