1ª Festa da Palavra acontece on-line e gratuita com direção artística de Elisa Lucinda

Com direção artística da atriz, escritora e poetisa capixaba Elisa Lucinda, acontece de 22 a 25 de julho, com transmissão online e gratuita pelo canal do YouTube – https://www.youtube.com/FestaDaPalavra – a 1ª Festa da Palavra, feira literária nacional. A princípio, a iniciativa é um estímulo ao hábito da leitura, intencionando aproximar os leitores dos escritores da língua portuguesa e celebrar o encontro do autor com o público.

Dentre os 23 convidados estão confirmados autores e personalidades. Entre eles, o músico Chico César, o ator Lázaro Ramos, a psicóloga, psicanalista e doutora em Filosofia Viviane Mosé, o escritor e professor indígena Daniel Munduruku, o escritor capixaba Caê Guimarães, o poeta cabo-verdiano Filinto Elísio e as escritoras Bernadette Lyra e Maria Rezende. Além disso, o evento conta ainda com apresentações musicais e teatrais, oficina de Kuisam de Oliveira e palestra de Joel Zito Araújo. Afinal, a programação completa está mais abaixo e no site www.festadapalavra.com.

“Uma beleza estar à frente da direção artística de um evento como esse”, versa sobre a festa Elisa Lucinda, que apresenta seu espetáculo “Palavra é poder” no dia da abertura. Paraíso pouco conhecido, Itaúnas é considerado por Elisa um lugar com vocação cultural fortíssima. “Achei que seria muito natural realizar uma festa literária aqui, para que, nacional e internacionalmente, fossem mais reconhecidas suas maravilhas, seu Parque Ecológico, sua culinária especialíssima, a beleza de seu rio, seu forró, sua vida sofisticadamente simples e, por isso mesmo, muito boa. Assim nasceu a Festa da Palavra”, diz Elisa Lucinda, que possui casa no local onde desenvolveu parte de sua obra literária.

On-line

A saber, devido à pandemia de Covid-19, em sua primeira edição o evento será totalmente online, sem a presença de público. “O nome do projeto tem um propósito de comemorar a palavra, afinal, ela está na base da maioria dos entretenimentos: livros, cinemas, novelas, séries – tudo nasce na palavra. Fazer uma festa onde a colocamos em seu lugar de rainha, em seu patamar de grande celebrante, pode exercer um papel importantíssimo na formação de leitores, e na inspiração de professores e alunos e tantos outros profissionais”, celebra Elisa.

Enfim, a realização do evento é do Instituto Manguerê e do Ministério do Turismo – Secretaria Especial da Cultura. A produção é da MM Projetos Culturais e o festival conta com o apoio da Secretaria da Cultura do ES, da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), da prefeitura municipal de Conceição da Barra e da Sociedade dos Amigos Por Itaúnas (SAPI).

SERVIÇO:

1ª FESTA DA PALAVRA

Quando: 22 a 25 de julho

Horário: A partir das 16h

Onde: Canal do evento no YouTube – https://www.youtube.com/FestaDaPalavra

Evento gratuito e virtual

PROGRAMAÇÃO:

DIA 22/07 – Quinta-feira

16h – Abertura (presença do Secretário de Cultura do ES, Fabrício Noronha, e do Governador do Estado, Renato Casagrande)

Homenagem a Patrona da Festa – Sra. Maria Filina

16h35 – Espetáculo “Palavra é Poder”, com Elisa Lucinda

17h30 – Mesa: “Histórias do meu mundo”, Marcelino Freire, Caê Guimarães, Tom Farias e Elisa Lucinda.

19h – Show – Juliano Gauche

DIA 23/07 – Sexta-feira

16h – Mesa “Como me tornei escritora”, Kiusam de Oliveira, Bernadete Lyra e Maria Rezende.

18h – Ações Literárias da Escola Municipal de Ensino Fundamental Benônio Falcão de Gouvêa, de Itaúnas

18h15 – Mesa “A força poética das narrativas”, com João Carrascoza, Elisa Lucinda e Filinto Eliseo

19h45 – Bate papo Musical, com Chico César e Elisa Lucinda

DIA 24/07 – sábado

16h – Mesa “A arte e a liberdade para amar”, com Valentine, Jean Wyllys, Viviane Mosé e Elisa Lucinda.

17h45 – Mesa “Na minha pele”, com Elisa Lucinda e Lázaro Ramos.

19h05 – Palestra “O cinema negro diaspórico”, com Joel Zito.

20h05 – Espetáculo “Na boca da Palavra” – Elisa e Geovana Pires.

21h05 – Show – Bia Ferreira

DIA 25/07 – domingo

16h – Oficina Corporeidade Poética: Transcendendo o Corpo a partir da Ancestralidade Africana”, com Kiusam de Oliveira.

16h50 – Exibição do Filme “Itaúnas Sempre Vivo, da foz à nascente – direção: Jefferson de Albuquerque Junior e Kika Gouvêa. Realização: SAPI – Sociedade Amigos de Itaúnas.

17h30 – Mesa “Salve o rio Itaúnas”, com Daniel Munduruku, Martha Tristão e Márcia Lederman (SAPI).

19h25 – Show – Ellen Oléria

Ademais, leia:

Aliás, conheça a gastronomia africana de Dandara Batista, Afro Gourmet e o feminismo negro

Luellem de Castro | “Feminismo é um conceito branco”

Zezé Motta – Mulher Negra | Especial vai celebrar Tereza de Benguela e o Dia da Mulher Afro-Latina-Americana e Caribenha

Escreve o que achou!