Saturday, January 16, 2021

Está aberto o festival Forumdoc.bh com mais de 70 filmes gratuitos

Já começou a 24ª edição do Forumdoc.bh, o festival mineiro de cinema documental e etnográfico. Apresentando mais de 70 filmes até o dia 28 de novembro, os vários curtas e longas estarão gratuitos no site, divididos em 3 temas distintos: Mostra Essa Terra é a Nossa Terra, Mostra Contemporânea e Sessões Especiais.

Com um acervo notável na sua representatividade cultural e étnica, o Forumdoc.bh é um festival fascinante, que abriga diversas obras que tratam das mais variados assuntos. Histórias negras, indígenas, estrangeiras, nacionais, em tempo de paz, em tempo de guerra, em tempo de pandemia, sobre o presente e o passado. 71 filmes que tratam da identidade dos seus realizadores com a sua terra, sua família, suas origens. Este é definitivamente um dos festivais mais plurais e humanos da atualidade.

Enfim, leia abaixo 2 curtas indicados pela sua variedade e acessibilidade de temas:

Belos Carnavais 

Este curta é uma história pessoal sobre um sambista em São Paulo à caminho do enterro do seu irmão e rival de carnavais passados. A ideia do carnaval paulista ser tão importante e tão emocional acaba fugindo das nossas mentes cariocas. Assim, Belos Carnavais nos prova que a festa da carne é um movimento cultural riquíssimo na terra da garoa. Belos Carnavais nos apresenta canções tristes e um clubismo ferrenho que não se rende nem durante o luto. Assim, apesar de alguns problemas técnicos e falta de criatividade em certos planos, Belos Carnavais é um curta comovente que vale muito a sua atenção.

Fartura 

A princípio, como um documentário sério, Fartura é quase cômico ao retratar a vida suburbana carioca. Mesmo sendo um jovem branco de classe média baixa, é notável quantas experiências são universais sobre a vida nas zonas Norte e Oeste do Rio de Janeiro e pelo país afora. As festas na garagem, os parentes distantes que raramente aparecem, o bolo num suporte coberto de papel alumínio, os muros de chapisco baixos caiados em tons pastéis. Esses pequenos detalhes são de uma humanidade que mostra toda a atenção colocada em Fartura. Finalmente, o tema se mostra íntimo à diretora Yasmin Thainá, e o curta é claro quanto a isso; o belo roteiro e direção criativa demonstram um futuro promissor mesmo esse sendo um trabalho de faculdade.

Assim, fique atento aos vários curtas no Forumdoc.bh e na nossa cobertura do festival.

Ademais, leia mais

Crítica | ‘Trilha Sonora da Cidade’ traz a arte de rua nas veias da esfinge urbana

Crítica | Babenco – Alguém tem que ouvir o coração e dizer: Parou

Silêncio da Chuva | Longa com Lázaro Ramos encerra 30º Cine Ceará

1 Comment

Escreve o que achou!

%d blogueiros gostam disto: