Saturday, November 28, 2020

Rocketman é uma obra de arte | CRÍTICA

Intitulado em homenagem a música de 1972, Rocketman se baseia na vida do pianista, cantor e compositor, Reginald Dwight, popularmente conhecido como Elton John. Trazendo temas importantes como a aceitação da orientação sexual (sendo o músico um reconhecido ativista das causas LGBTQ+), o abuso de substâncias e a depressão. O filme vem em conjunto com o fim da carreira de turnês do cantor, a “Farewell Yellow Brick Road”; que deve chegar a 300 shows e terminar em 2021.

Mesmo seguindo um modelo bem conhecido em cinebiografias, ou seja, a descrição da trajetória até o sucesso e a dificuldade de lidar com as consequências do mesmo, Rocketman surpreende ao se desvencilhar da jornada do artista e vincular-se aos seus estados emocionais. Além disso, tal como o protagonista, o telespectador se vê absorto com a passagem do tempo enquanto é abraçado pelas letras das músicas e envolto nos mais singulares figurinos.

Crítica de Rocketman
Rocketman na arte de Nathalia Mendes
Liberdade Poética

Certamente, a liberdade poética nas representações de momentos chaves da vida profissional e pessoal do cantor, como a primeira apresentação nos Estados Unidos, classificam o filme como realidade fantástica e acertam em cheio ao demonstrar os altos e baixos de uma carreira de sucesso. Assim como a exímia direção de Dexter Fletcher, quem merece (e muito) ser destacado é o ator Taron Egerton (conhecido pelo seu papel em Kingsman: Serviço Secreto). Aliás, ele incorpora Elton não apenas nas falas, mas também em cada canção.

O ator regravou todas as icônicas músicas que ambientam o filme, como “Your Song”, “Tiny Dancer”, “I’m Still Standing” e a inédita – e premiada “(I’m Gonna) Love Me Again”. Chegando a performa-las fora das telas com apresentações ao lado do próprio Elton. A partir daí os prêmios no Globo de Ouro 2020, como Melhor Ator em Filme Comédia ou Musical e Melhor Canção Original, não surpreendem. O que contrapõe a posição do filme no Oscar 2020, indicado apenas na categoria Canção Original. Por fim, de uma forma ou de outra, Rocketman é uma obra de arte que elegantemente ilustrou a vida de um músico que marcou gerações.

Inclusive, veja o trailer:

Ademais, leia mais:
Entenda a Direção de Fotografia com Flávio Ferreira
A 23ª Mostra de Cinema de Tiradentes começa em 24 de janeiro
Com Amor, Van Gogh – O Sonho Impossível | CRÍTICA

Escreve o que achou!