Thursday, October 6, 2022

Não me Mate | Conheça o ‘Crepúsculo’ italiano na Netflix

“Não Me Mate” (Non mi uccidere) é um novo filme italiano, lançado em 2021, mas estreando agora na Netflix. A princípio, mostra um romance/suspense/terror que transcende a vida.

No filme, Mirta (Alice Pagani) e Robin (Rocco Fasano) forma um casal entre o garoto problemático e drogado, e a garota certinha. Eles prometem ficar um com outro até depois da morte. Entretanto, morrem de overdose e ela volta a vida.

Ela volta com fome. O romance teen tem muito a pegada de crepúsculo, inclusive com o protagonista lembrando bastante o protagonista do mesmo. As indagações do filme parecem não ter fim, mas ao mesmo tempo são mais profundas e trazem um peso diferente a trama.

Estilo

Não lembro de ter visto muitos filmes italianos, mas gostei bastante do estilo tanto de filmagem quanto de colorização, os tons vivos em horas específicas, e mortos em outras horas fazem entrar bem na história.

O romance é interessante, tem um grau de profundidade, mas o terror por sua vez perde força e não acaba sendo tão explorado. O filme acaba sendo uma boa porta de entrada pra quem se interessa pela temática, e que vai aguardar ansioso os próximos capítulos dessa história. Será que teremos aí uma trilogia de sucesso? O que você acha? Comenta aí!

Ademais, veja mais

Andrea Montezuma faz tributo ao Clube da Esquina no Centro da Música Carioca Artur da Távola

Filhos do Privilégio (Das Privileg) | Crítica

Coexistência | Novo longa nacional com Thiago Lacerda começa filmagens

 

4 Comments

  • Adeus, Idiotas | Crítica

    […] Não me Mate | Conheça o ‘Crepúsculo’ italiano na Netflix […]

    Responder
  • BRUNO CANUTO DA CONCEICAO
    BRUNO CANUTO DA CONCEICAO

    Filme horrível. Nossa, como perderam tempo para fazer um lixo desses. Pelo amor.

    Responder
  • RENATO SANTANA NOLETO DA SILVA
    RENATO SANTANA NOLETO DA SILVA

    Esse foi o pior filme que eu assisti nos últimos meses. Não percam tempo com essa bosta.

    Responder
  • Edna de Sousa Silva
    Edna de Sousa Silva

    Achei o filme muito ruim mesmo. Na verdade essa questão de colocar o mocinho da história tão parecido com o Edward de Crepúsculo, seria somente coincidência? De qualquer forma não ajudou em nada,.

    Responder

Escreve o que achou!