Passiflora | Rael, Céu e RDD falam de saúde mental e emergência climática em novo clipe

Muitos falam do efeito calmante do maracujá. Mas nem todos sabem que é na flor da fruta, chamada de passiflora e também conhecida como “flor da paixão”, em que estão os seus principais benefícios (utilizados em tratamentos de ansiedade e de insônia, por exemplo). Bastou ver que nasceu uma passiflora na horta da sua casa para que o cantor e compositor Rael encontrasse nela inspiração para uma nova música. Intitulado “Passiflora”, o single conta com a participação da cantora Céu e de RDD (Rafa Dias, do ÀTTØØXXÁ) e acaba de chegar nas plataformas de streaming (ouça aqui).

Um videoclipe também está disponível no canal de YouTube do artista (assista aqui). Além de ser um lançamento da gravadora LAB Fantasma, o single também faz parte da jornada de conteúdos que Rael vem produzindo em parceria com o YouTube. Ele foi um dos nomes selecionados pelo projeto #YouTubeBlackVoice, do Fundo Vozes Negras, que é um programa global criado para apoiar e promover artistas e times negros, fazendo com que eles gerem conteúdos e possam ter sucesso dentro da plataforma.

“Quando eu vejo a gravidade dos acontecimentos atuais, eu me sinto convocado a falar sobre saúde mental, autocuidado e também refletir sobre as questões urgentes sociais e ambientais do nosso tempo”, afirma Rael. Inclusive, isso foi algo que ficou ainda mais latente na carreira do rapper paulistano com o lançamento do disco Capim-Cidreira (2019) e do EP Capim-Cidreira (Infusão) (2020).

Cuidado

“Eu percebi que precisava cuidar de mim e do meu interior, algo que fiz por meio da corrida e de algumas atividades manuais. A conexão com a natureza também foi fundamental, então acendeu um alerta de que o cuidado não deve ser só comigo, mas com o entorno, o meio ambiente e a terra. É muito preocupante ver a Amazônia em chamas, além de constatar a situação do garimpo e como o agronegócio age no nosso país”, pensa Rael. E complementa: “É triste constatar a desigualdade social que se agravou no Brasil, fazendo com que nosso povo esteja passando fome e morrendo mais. Tudo é angustiante, por isso é importante cuidarmos da nossa saúde mental, proteger os biomas e reforçar a importância de sermos parte da natureza e não os algozes dela. É algo que devemos fazer pela nossa própria sobrevivência e a do planeta”, reflete.

“Passiflora” teve coprodução de Rael com RDD (Rafael Dias, do ÀTTØØXXÁ). Aliás, a presença do produtor baiano levou a sonoridade da música para um samba reggae. “Ele também incluiu a percussão baiana, o que resultou em uma textura de África. Soa como uma convocação para um axé, algo que todos estamos precisando”, avalia Rael. A cantora Céu, por sua vez, compôs os versos aos quais dá voz e também soma no refrão da faixa. “Há tempos, eu queria fazer algo com ela e acredito que a colaboração acabou acontecendo no momento perfeito. A suavidade da voz da Céu tem as camadas que essa música pede”, comenta Rael.

Por fim, com direção de Henrique Alqualo, o registro audiovisual é uma fuga em meio à natureza. O vídeo termina com uma narração de Ailton Krenak do seu livro, “Ideias para Adiar o Fim do Mundo” (Companhia das Letras, 2019)

Enfim, Passiflora:

Ademais, veja mais:

Enfim, Antônio e Comitiva caminhando com São Benedito pela música e a fé

Afronta! Facing it! Rincon Sapiência e a força do Afrorap

Afinal, Jamming | Clássico de Bob Marley ganha remix com Tropkillaz e a nigeriana Tiwa Savage

Escreve o que achou!