Salve o Ralph | Curta-metragem com Rodrigo Santoro estimula debates ao falar sobre testes em animais

Com quase 4 minutos de duração, o curta-metragem “Salve o Ralph” (Save Ralph) conseguiu despertar um interesse muito grande – e debates. Afinal, traz algumas verdades por trás de grandes marcas de produtos estéticos. No Brasil, a história ganhou voz por meio da dublagem de Rodrigo Santoro e nas redes sociais muitas pessoas estão discutindo sobre a animação e, consequentemente, sobre o veganismo.

“O curta-metragem reflete em um dos grandes motivos que me fizeram tornar vegetariana. Não sou muito de me maquiar, mas sempre busco comprar cosméticos em estabelecimentos orgânicos”, reflete Telma Brites após assistir a ação, ressaltando que sempre se incomodou em como os animais ficam em cativeiros para serem comercializados por meio de grandes indústrias. “Os animais vivem para serem mortos”, completa.

A saber, de acordo com os dados da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), cada brasileiro consumiu uma média de 29,3 quilos de carne bovina em 2020, uma queda de 5% em relação aos 30,7 quilos por habitante do ano anterior. No Brasil, cerca de 30 milhões de pessoas se declaram vegetarianas ou veganas, cerca de 14% da população, em outros países a situação é similar. Além disso, no Reino Unido, 7% da população já ingressaram no movimento.

Gaia

Apesar de ser brasileira, Telma Brites vive há mais de 30 anos na Alemanha. Ou seja, um país em que 4,9% da população se declara vegana ou vegetariana, uma média de 3,5 milhões de pessoas.

“Uma vez li uma reportagem com fotos de baleias que foram massacradas na costa do Japão. Eram tirados os pedaços do animal com a intenção de retirar a gordura para a confecção de produtos cosméticos. Foi doloroso conhecer essa realidade e a campanha Save Ralph me impactou da mesma forma”, diz.

Telma Brites
Telma Brites

“Espero que a animação não caia no esquecimento da população rapidamente, é necessário abrir os olhos e conhecer todo o processo dos produtos e alimentos que consumimos. Pode nos fazer bem por um lado, mas por outro machucam e ceifam outras vidas. É necessário a permanência do respeito e da consciência”, conclui a brasileira, escritora da Trilogia Gaia, sobre uma jovem órfã Gaia que parte numa aventura para se descobrir, em meio a deuses e criaturas da mitologia grega.

Aliás, saiba mais sobre o curta-metragem

Apresentamos Ralph, o coelho porta-voz da campanha global para proibir os testes de cosméticos em animais. #SaveRalph é um poderoso curta-metragem de animação em stop-motion produzido pela Humane Society International e que conta com um elenco internacional de estrelas incluindo Taika Waititi, Ricky Gervais, Zac Efron, Olivia Munn, Pom Klementieff, Denis Villeneuve, George Lopez e Tricia Helfer. No Brasil, ganhou dublagem de Rodrigo Santoto.

Enfim, veja “Salve o Ralph”:

Escreve o que achou!