Monday, November 28, 2022

São Paulo Food Film Fest | Conheça o primeiro Festival de Cinema e Gastronomia

A partir do dia 05 de outubro acontecerá o primeiro São Paulo Food Film Fest, que marca o Mês da Alimentação. A celebração foi escolhida pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) com o objetivo de envolver os governos e a população na luta contra a fome, a desnutrição e a pobreza.

Entre os dias 05 e 12 de outubro, o público poderá apreciar mais de 40 filmes de 15 diferentes países. São clássicos da ficção e documentários contemporâneos ligados à comida, à cultura e aos sistemas agroalimentares.

A princípio, os filmes terão exibição de forma híbrida e gratuita em São Paulo (Espaço Itaú Augusta – Anexo e Cinemateca Brasileira). Os espectadores terão a oportunidade de participar de ciclos de debates, além de degustações de pratos inesquecíveis do cinema após algumas das exibições presenciais. Já o público de casa poderá assistir os filmes através da plataforma oficial https://www.belasartesalacarte.com.br.

Completam a programação do evento algumas oficinas para o público infantil que poderá colocar a mão na massa e entender como funcionam animações em stop motion.

Babette

O evento comemora os 35 anos do filme “A Festa de Babette”, baseado na obra de Isak Dinesen, vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 1988. O clássico se passa numa remota aldeia Dinamarquesa, dominada por uma tradição puritana, onde duas irmãs solteiras recordam com nostalgia a sua juventude. A chegada de Babette de Paris, fugindo ao terror da repressão à Comuna de Paris, mudará as suas vidas. Como empregada, anos depois, Babette ganha uma fortuna numa loteria em Paris e tem a oportunidade de corresponder à bondade e calor humano com que foi recebida. Dessa forma, organiza uma opulenta festa com os melhores pratos e vinhos da gastronomia francesa. Sem dúvida, a obra é de encher os olhos, salivar a boca e aquecer o coração.

Além disso, há também títulos japoneses, como o inusitado “Tampopo – Os Brutos Também Comem Espaguete”, de Jûzô Itami até o marroquino “Adam”, de Maryam Touzani. No primeiro, uma comédia japonesa cult, Tampopo é uma viúva dona de restaurante determinada a dominar a arte do lámen – tradicional macarrão de origem chinesa. Em sua saga, ela tem a orientação de Goro, um misterioso motorista de caminhão especialista no assunto. Já o segundo, uma sensível trama que se desenrola no Marrocos, deixa emergir, além de uma atmosfera cheia de aromas de pães e doces maravilhosos, o drama das mulheres e o machismo estrutural da sociedade marroquina.

Greenpeace

Ainda por cima, a programação traz obras que falam da produção de alimentos e bebidas como “Os Cervejeiros da Vez” de Aaron Hosé, “Brewmance: Amor pela Cerveja” de Christo Brock, “Os Caçadores de Trufas” de Michael Dweck e Gregory Kershaw, “O Nascimento do Saquê” de Erik Shirai, “Pão: O Milagre de Cada Dia” de Harald Friedl, entre outros.

Entre os filmes nacionais tem “Antes do Prato” de Carol Quintanilha. A saber, é uma realização do Greenpeace Brasil esse documentário que vai a três regiões do Brasil e mostra uma mobilização social potente e diversa para combater a fome, gerar saúde e garantir um meio ambiente em equilíbrio para toda a população.

Outro filme que fará sua estreia nas telonas é o “A Terra e o Prato” de João Grinspum Ferraz e Fábio Meirelles. Com acesso aos melhores chefs do mundo, revela como algumas das mais proeminentes figuras da gastronomia pensam a respeito das mudanças na indústria alimentar – incluindo seu território, suas diferentes culturas, sua criatividade e a forma como moldam sua relação com a natureza e a sustentabilidade.

Títulos como “Estômago”, que aborda a um só tempo, criatividade na cozinha e o pernicioso sistema carcerário brasileiro, até documentários como “A Grande Ceia Quilombola”, que retrata uma cultura repleta de saberes, que nutre respeito ao alimento e onde a comida tem um papel fundamental de coesão social, também farão parte da programação.

Os filmes “Agricultura Tamanho Família”; “À Procura de Mulheres Chefs” (The Goddesses of Food); “Quentura” e “A Grande Ceia Quilombola”; “Uma História de Desperdício” (Wasted! A Story of Food Waste) e “Cooperativa Park Slope” (Food Coop), serão exibidos online e sucedidos de mesas com convidados para debates de temas relevantes como Agricultura e Fome, Gênero na Cozinha, Comida Ancestral, Produção e Desperdício, Consumo Consciente e Economia Solidária.

Serviço:

Exibições: de 06 a 12 de outubro de 2022 – GRATUITO

onde: salas Espaço Itaú de Cinema – Augusta – R. Augusta, 1470 – Cerqueira César Cinemateca Brasileira – Largo Sen. Raul Cardoso, 207 – Vila Clementino

Online: Belas Artes à La Carte – https://www.belasartesalacarte.com.br/

Ademais, leia mais:
Bandolim Vegan Cult Bar | Rio de Janeiro ganha novo restaurante e casa de cultura
Receita de café da manhã saudável | Tapioca com Tofu Defumado e Goiabada
Seis motivos para dar uma chance ao leite vegano

Escreve o que achou!