Turismo para veganos | Confira os melhores destinos pelo mundo

O turismo para veganos é um mercado em expansão. Principalmente com o fim das restrições após a pandemia da Covid-19 e as férias de janeiro, está aquecido. Para esse público a escolha do destino e das acomodações leva em consideração ainda, pontos como alimentação e sustentabilidade. Confira os destinos mais vegan-friendly pelo mundo.

Dos viajantes brasileiros, dois terços (67%) decidem seu destino baseado em uma alimentação mais consciente, onde encontrem mais opções veganas e vegetarianas, alimentos orgânicos e de origem local. Isso é o que mostra pesquisa da Booking.com, realizada em fevereiro de 2022, em 32 países e territórios.

Nesse sentido, na América Latina, o Brasil é o país mais atraente com mais restaurantes com opções plant based no cardápio (32,4%), seguido por México (25,9%), Argentina (10,6%), Colômbia (10,1%) e Chile (8,4%). Segundo dados da pesquisa realizada pela Veganuary e HappyCow, no ranking das cidades estão: São Paulo, Buenos Aires, Cidade do México, Santiago, Bogotá e Rio de Janeiro, respectivamente.

Além disso, para os turistas que desejam viagens para destinos mais distantes, levantamento da HappyCow aponta as cidades mais veganas do mundo. No topo da lista estão Londres, Berlim, Nova Iorque, Melbourne e Singapura.

Turismo para veganos – destinos e hospedagens

Peruíbe (SP-Brasil)

O turismo para veganos no Brasil conta com uma agência especializada, a Vegan4you – Viagens Conscientes (primeira agência de viagens veganas da América Latina). Ela oferece roteiros em integração com a natureza e alimentação 100% à base de plantas. Chapada dos Veadeiros (GO), Jalapão (TO) e Paraíso das Cavernas (SP), são alguns destinos das experiências em grupos.

Nesse sentido, o casal idealizador da Vegan4you, Ju Molina e Elton Bastos, é também responsável pela primeira pousada vegana do litoral sul de São Paulo. A Pousada Vegana, em Peruíbe (SP) oferece aos hóspedes viver o estilo de vida vegano e imersões culinárias e culturais, com surf, yoga e visita à aldeia indígena.

Mykonos (Grécia)

O primeiro e único hotel vegano da Grécia, o Koukoumi Vegan Boutique Hotel, está localizado em Ano Mera, pequeno vilarejo situado em Mykonos. A filosofia da sustentabilidade está em toda parte, desde colchões feitos de fibra de coco e algas marinhas até os cosméticos orgânicos 100% veganos. Ainda por cima, o restaurante do hotel é 100% vegano e a acomodação conta com o selo Viagem Sustentável da Booking.com.

Urubamba (Peru)

Edifícios de adobe construídos a partir de materiais de origem natural, como argila e palha do Vale Sagrado, sessões de yoga e meditação, café da manhã vegano com produtos orgânicos cultivados no local, são alguns dos atrativos do  Willka T’ika. A acomodação busca ser um retiro de bem-estar no Vale Sagrado do Peru, situado entre o patrimônio histórico de Machu Picchu e a capital inca de Cusco.

Bangalore (Índia)

O primeiro hostel sustentável da Índia para mochileiros veganos é uma estadia ecologicamente correta no centro da cidade, o BE ANIMAL Hostel, em Bangalore, a capital do estado de Karnataka, no sul da Índia. O Happiness Café serve comida vegana, incluindo um café da manhã durante todo o dia e cafés especiais preparados com coco fresco. O hostel funciona com energia solar, tem decoração com móveis reciclados e um poço de compostagem.

Demanda por alimentação plant based cresce no Brasil

Ao passo que o público brasileiro que opta por uma alimentação à base de plantas vem crescendo, aumenta a demanda por restaurantes segmentados, é o que mostra pesquisa realizada pelo IFood.

Até agosto de 2022, mais de 600 pedidos de refeições veganas e vegetarianos haviam sido feitos no ano. O aplicativo tem registrado em sua base de dados mais de 1.700 restaurantes exclusivamente desse segmento.

Aplicativo ajuda viajantes a encontrarem restaurantes

HappyCow é uma plataforma gratuita que funciona como guia mundial de restaurantes veganos e vegetarianos. Atualmente, o portal fundado em 1999, inclui também informações sobre lojas de produtos alimentares, acomodações, operações de catering, boletim informativo e permissão para que os usuários publiquem avaliações e material.

Em suma, os números da HappyCow em 2022 mostram a expansão do veganismo pelo mundo. Atualmente, são 186.000 empresas catalogadas em 180 países, mais de 3 milhões de downloads cumulativos de aplicativos, mais de 900.000 membros registrados, 1,1 milhão de avaliações escritas.

Por fim, leia mais sobre veganismo:

VegFest Brasil | Feira vegana movimentou SP no fim de semana VegFest Brasil 

Bandolim Vegan Cult Bar | Rio de Janeiro ganha novo restaurante e casa de cultura

ONGs de proteção animal | Conheça e veja como colaborar

Escreve o que achou!