Saturday, December 3, 2022

Literatura LGBTQIAP+ | ‘Um mundo de cores’ traz um amor romântico fora do convencional

Você já se perguntou qual é o significado da letra “A” na sigla “LGBTQIAP+”? A inicial se refere à assexualidade, uma orientação que engloba pessoas que não sentem atração sexual ou que podem ter atração, mas em situações específicas. Ainda há poucas referências em filmes, séries e livros, mas essa realidade está mudando com o movimento de artistas e autores dispostos a levar o protagonismo assexual às suas histórias. Virginia P. Pagliarin, autora da obra literária Um mundo de cores, é um desses nomes.

A narrativa apresenta Camila, uma jovem brasileira que termina um namoro de longa duração por não se sentir confortável em manter relações sexuais. Desde o início, a personagem ressalta: não há nenhum problema com seu ex-namorado. Pelo contrário: ele é o homem ideal para muitas mulheres. Mas ela precisa priorizar suas vontades para entender a si mesma.

Dessa forma, a protagonista inicia uma jornada de autoconhecimento e encara a incompreensão de amigos de longa data. Porém, também faz novas amizades. Sua virada vem com o acesso a um aplicativo de encontros, com o intuito de fazer pontes entre pessoas assexuais, onde Camila inicia um novo e “diferente” relacionamento.

Tabu

Nunca imaginei que o gênero pudesse mudar tanto de pessoa para pessoa e admito que me perguntei por que, em pleno século XXI, isso ainda é tratado como tabu. Será possível que as pessoas não entendem que quanto mais informações tivermos mais poderemos nos entender e encontrar o que chamamos de felicidade? Viver fora de um mundo em que as regras de “normalidade” nos limitam de tal forma que nos sentimos sufocados.

(Um mundo de cores, pg. 7)

Mas os conflitos de Camila não se restringem à sexualidade: ela também sonha em se tornar uma escritora. Formada em Letras, trabalha em uma livraria e tem um emprego estável. Entretanto, isso não é o suficiente: ela quer contar histórias e decide escrever sobre o romance entre seu melhor amigo, Lucas, e o noivo dele, Pedro. Os dois, que estão em um relacionamento homossexual há anos, enfrentaram muitos preconceitos até se autoafirmarem como homens gays.

Em Um mundo de cores, a intenção da autora Virginia P. Pagliarin é mostrar empatia por meio de referências positivas e deixar claro que cada pessoa é muito maior do que a própria sexualidade.

Ficha Técnica

Título: Um mundo de cores
Autor: Virginia P. Pagliarin
Editora: Viseu
ISBN/ASIN: B0B69977NM
Formato: 21x14x2 cm
Páginas: 174
Preço: R$ 57,09 (físico) e R$ 8,91 (e-book)
Onde comprar: Amazon | Shopee | Viseu

Ademais, veja mais:

Me casei com uma colega para calar os meus pais | Leia a resenha sobre esse mangá LGBTQI+
‘Os Primeiros Soldados’ é um contundente drama LGBT | Crítica
Love Touch | Conheça a websérie LGBTQIA+ da Linha Produções

Escreve o que achou!