Saturday, December 3, 2022

Auto da Compadecida, a ópera | Espetáculo terá apresentações em SP, RJ e BH

Em “Auto da Compadecida, a Ópera”, pela Orquestra Ouro Preto, a história de Chicó e João Grilo recebe uma versão sem precedentes, tipo “uma ópera buffa brasileira em dois atos”. A música é original e traz a assinatura de Tim Rescala. O compositor assina o libreto junto com o maestro Rodrigo Toffolo, regente titular da Orquestra e responsável pela concepção e direção musical do espetáculo.

A princípio, a estreia acontece em São Paulo, nos dias 5 e 6 de novembro. Em seguida, a montagem desembarca no Rio de Janeiro, com apresentações nos dias 29 e 30 do mesmo mês. E, por fim, chega a Belo Horizonte em dezembro, nos dias 9 e 10.

A saber, essa é a terceira incursão da Orquestra no universo operístico e pode ser considerada um marco na maturidade da formação mineira que, com 22 anos de trajetória, propõe um projeto ousado rumo a uma linguagem brasileira e popular.

Arte máxima

“A ópera é uma arte máxima em que música, teatro, figurino, cenário e iluminação se encontram”, diz Toffolo. “Quando se pensa na ópera brasileira, em libretos, em histórias, ‘O Auto da Compadecida’ tem um gosto todo especial, não só pela escrita de Suassuna, não só pelo sucesso que a peça e o filme fizeram com o público brasileiro, mas pelos ingredientes que essa obra prima da literatura brasileira inspira para uma grande ópera. Estamos felizes por tentar algo novo, com DNA brasileiro. São quase dois anos de pré-projeto para trazer uma proposta para a linguagem da música de concerto”, completa o maestro.

Essa ópera buffa traz a comédia como elemento principal de sua linguagem. Para cumprir essa missão, formou-se um grande elenco em cena e nos bastidores da montagem. A direção de cena é assinada por Chico Pelúcio. No palco, grandes nomes do canto lírico brasileiro – Fernando Portari, Marília Vargas, Marcelo Coutinho, Carla Rizzi, Jabez Lima e Rafael Siano, além de um trio de atores escolhidos para dar voz e corpo ao clássico da literatura brasileira – Glicério do Rosário, Claudio Dias e Maurício Tizumba.

Além disso, para abrilhantar ainda mais a produção, o espetáculo conta com figurinos desenhados por Manuel Dantas Suassuna, artista plástico de renome e filho do escritor. Essa parceria traz ainda um maior enraizamento à montagem, agregando o olhar e a criação de quem nasceu, viveu, conhece e reconhece este universo como poucos.

SERVIÇO

Orquestra Ouro Preto: “Auto da Compadecida, a Ópera”

São Paulo

Data: 5 e 6 de novembro de 2022

Horário: sábado às 21h e domingo às19h

Local: Teatro Alfa(R. Bento Branco de Andrade Filho, 722 – Santo Amaro, São Paulo)

Ingressos: No Sympla e bilheteria do teatro.

Rio de Janeiro

Data: 29 e 30 de novembro de 2022

Horário: 21 horas

Local: Cidade das Artes Bibi Ferreira(Av. das Américas, 5300 – Barra da Tijuca)

Ingressos: No Sympla e bilheteria do teatro.

Belo Horizonte

Data: 9 e 10 de dezembro de 2022

Horário: 21 horas

Local: Palácio das Artes(Avenida Afonso Pena, 1537 -Centro)

Ingressos: No Eventim e bilheteria do teatro.

Informações: www.orquestraouropreto.com.br

Ademais, veja mais:

Maria Pérola lança primeiro EP nesta sexta, 28, e conta detalhes sobre o novo álbum

Meu vício é você | R&B e pop se misturam em versão de Marianna

Enfim, confira uma entrevista exclusiva com Hunter sobre o projeto de Cyberflix

Escreve o que achou!