Thursday, August 11, 2022

Cavalos | Peça promove reflexão sobre a masculinidade

Como é construída a sociedade patriarcal, dando poderes aos homens biológicos e limitações às mulheres? Como os homens se enxergam como indivíduos hoje? E como um homem adulto criado sob esses valores se insere na sociedade moderna? Se valendo desses questionamentos, sob a direção de Nina da Costa Reis e interpretação de Alexandre Paz o solo “Cavalos” realiza um circuito de apresentações gratuitas na zona norte carioca entre 04 e 09 de agosto.

A princípio, o espetáculo mostra a relação de um homem e seu pai. A ideia é repensar o modelo masculino e as diferentes possibilidades de se reconstruir no mundo. Tudo acontece em um quarto e o personagem procura entender onde está o seu pai e quem é ele; onde foi que o diálogo parou de existir, ou se existiu algum dia; o que é o falocentrismo e como isso influi nos homens.

Afetos parentais

Entretanto, no meio disso, há músicas cantadas em videokê, histórias coletadas e estórias inventadas. Dessa forma, o homem narra a trajetória de todos nós em busca dos entendimentos da vida e das relações afetivas, esbarrando em questionamentos e lembranças próprias. Ou seja, com muito humor e emoção, “Cavalos” é uma peça que transita pelos afetos primordiais, os afetos parentais.

Viemos de uma história onde o sujeito masculino biológico é ensinado a cumprir certos deveres e obrigações de ordem micro e macro social.

“Em ‘Cavalos’ nós podemos experimentar uma nova leitura sobre o que é ser homem, e mudar certas ideias e conceitos que tange o universo masculino, invertendo as coisas: a fragilidade como força. E até mesmo poder se perguntar: pra que tanta força? Pra que essa necessidade de brigar pra ser alguém, ou alguma coisa, se no fim a gente morre e não somos nada?”, analisa o ator.

Por fim, orientado por uma direção feminina, o espetáculo acessa sentimentos profundos relacionando os movimentos cênicos a memórias afetivas, ausências e presenças.

SERVIÇO:

“CAVALOS”

04 de agosto – 19h

Museu da Maré

Av. Guilherme Maxwel, 26 – Maré

05 de agosto – 19h

Arena Carioca Jovelina Pérola Negra

Praça Ênio, s/nº – Pavuna

07 de agosto – 18h

Arena Carioca Dicró

Rua Flora Lobo, 184 – Penha Circular

09 de agosto – 18h30

Colégio Estadual Prof. Clóvis Monteiro

Rua César Marques, 10 – Manguinhos

ENTRADA GRATUITA

Classificação Indicativa: 16 anos

Duração: 60 minutos

Ademais, leia mais:

Entrevista: Cortesia da Casa apresenta ‘Vilão Particular’, fala da trajetória e destaca hits
Eu, Romeu | Espetáculo remonta clássico colocando em cena um ator preto para discutir estereótipos e preconceitos
Por fim, leia: Os ‘Três Verões’ de Gianelli

Escreve o que achou!