Wednesday, October 21, 2020

Começa hoje o Festival de Cinema de Gramado

Começa hoje, dia 18 de setembro, o Festival de Cinema de Gramado. Em sua 48ª edição, o maior festival de cinema do Brasil será, pela primeira vez, multiplataforma, devido à pandemia do covid-19. A princípio, os organizadores afirmam, porém, que mesmo com a volta do evento presencial nos próximos anos, a transmissão pela internet e pela televisão continuará. Afinal, essa é uma oportunidade de ampliar e democratizar a participação do público.

Esse ano, 143 longas-metragens brasileiros e 93 estrangeiros participaram da seleção, além de curtas-metragens nacionais e internacionais. É possível ver os escolhidos de hoje até o dia 25 de setembro pelo Canal Brasil e o público poderá votar em seus favoritos pelo aplicativo do festival.

Para além dos filmes

O evento, porém, não será feito somente de exibição de longas e curtas. Debates ocorrem pelos canais digitais do festival, como YouTube e Facebook. Além disso, os canais também exibirão entrevistas com realizadores dos filmes concorrentes e com os homenageados dessa edição do festival. A saber, a diretora Laís Bodanzky e os atores Denise Fraga, Marco Nanini e César Trancoso, o último uruguaio, mas presença há anos nas produções brasileiras, são os homenageados de 2020.

Por fim, a cerimônia de premiação, que acontece no dia 26 de setembro, às 21h, será o único evento que ocorrerá no Palácio dos Festivais, casa do Festival de Gramado. O espectador poderá assistir, de casa, enquanto os premiados recebem seus kikitos, pelo Canal Brasil, na TV e internet, ou pelos canais digitais do festival.

Uma edição histórica

Aliás, o filme de encerramento da edição de 2020, com exibição no dia 25 às 20h10, será Bye, Bye, Brasil, de Cacá Diegues. O longa conta a história de três artistas mambembes que cruzam o Brasil levando arte para a população mais humilde. Certamente, no ano em que o festival se torna mais democrático, com grande parte da população podendo ter acesso a toda sua programação, a escolha não poderia ser mais acertada.

Confira, a seguir, onde assistir cada um dos eventos:

LMB e LME | Longas-Metragens Brasileiros e Estrangeiros
Única exibição em televisão pelo Canal Brasil, a partir das 20h.

CMB | Curtas-Metragens Brasileiros
Única exibição em televisão pelo Canal Brasil, de acordo com a programação;
Disponível 24h no Canal Brasil Play, o serviço de streaming.

CMG | Curtas-Metragens Gaúchos
Divididos em 4 programas, de acordo com as classificações indicativas dos filmes. Os 19 curtas serão disponibilizados no Canal Brasil Play.

LMG | Longas-Metragens Gaúchos
Os cinco filmes participantes da mostra serão disponibilizados no Canal Brasil Play.

Cerimônia de premiação dos Curtas-Gaúchos
Transmitida ao vivo nos canais digitais do Festival de Cinema de Gramado (YouTube, Site e Facebook) e pelo YouTube da TV Assembleia e TVE-RS.

Cerimônia de premiação | Entrega dos Kikitos
Transmitida ao vivo nos canais digitais do Festival de Cinema de Gramado (YouTube, Site e Facebook) e pelo Canal Brasil, na TV e no YouTube.

Debates Curtas-Metragens Gaúchos
Transmitidos pelos canais digitais do Festival de Cinema de Gramado (YouTube, Site e Facebook) e pela TVE-RS, na TV, Site e YouTube.

Debates Longas-Metragens Gaúchos
Transmitidos pelos canais digitais do Festival de Cinema de Gramado (YouTube, Site e Facebook) e pela TVE-RS, na TV, Site e YouTube.

Entrevistas com filmes concorrentes Brasileiros e Estrangeiros
Nos canais digitais do Festival de Cinema de Gramado (YouTube, Site e Facebook).

Entrevistas com os homenageados
Nos canais digitais do Festival de Cinema de Gramado (YouTube, Site e Facebook).

Conexões Gramado Film Market
Nos canais digitais do Festival de Cinema de Gramado (YouTube, Site e Facebook). A Mostra Universitária será transmitida, também, pela TVE-RS, na TV, Site e YouTube.

Enfim, saiba mais no http://www.festivaldegramado.net/o-festival/

Afinal, aproveite e saiba mais sobre a Mostra de Cinemas Africanos – Cine África:

Cine África | A saber, em setembro estreia nova temporada
Além disso, tem Marcelo Monteiro falando de Cosmogonia Africana
Por fim, conheça o projeto da livraria online com obras sobre África

Escreve o que achou!