Friday, November 27, 2020

A Imagem da Tolerância | Conheça o documentário sobre um símbolo da benevolência

Aparecida apareceu. Era uma quarta-feira de noite, quando vi um documentário chamado A Imagem da Tolerância. O rio e suas águas, a voz de Maria Bethânia, o mistério de uma imagem. Fiquei ali escutando os depoimentos de uma sambista que louva a Santa Negra; ou da drag queen Nany People com suas falas contundentes e sua fé na Mãe Aparecida. As  vivências pessoais de Nany apresentam um algo mais que tem tudo a ver com o título do filme. Além disso, as palavras de pessoas como o rabino Nilton Bonder e do lama Michel Rinpoche, entre outras religiões que aparecem, trazem sempre um novo ponto de vista. A conclusão que o filme conduz é que Nossa Senhora Aparecida não tem preconceito e que em seu coração de mãe, tem espaço para todos.

O conceito de energia feminina e aspecto feminino de Deus está ali presente. Várias religiões tem suas Mães Divinas. Lembro até de uma bela canção de Chandra Lacombe que diz “Mãe Divina eu quero ser um filho realizado, e perante o seu poder, me entrego pra ser libertado”. Não, essa não toca no filme. Quem toca mais é Maria Bethânia, historicamente conectada com as religiões afro-brasileiras, cantando algumas das canções que homenageiam uma Mãe Maior como “Mãe de Deus das Candeias” e falando sobre a importância da fé na sua vida.

Símbolo de amor

Enquanto assistia A Imagem da Tolerância recordei também de uma vez que comentei sobre a Mãe Aparecida para um ogan de candomblé e ele disse que, para ele, Ela era Deus. A imagem de Aparecida traz essa coisa da mãe cuidadora que ama todos os filhos. Aquela pequena grande escultura barroca é um símbolo de amor, que não se preocupa com classes, idades, crenças, ou seja lá o que for. Em dado momento do filme, o carismático padre Fábio de Melo fala sobre verdade. A verdade é que a simbologia de Nossa Senhora Aparecida é a proteção da mulher, a força materna que ensina através do amor. Aparecida é a ausência do medo e o aroma da pureza; o poder da fé em toda sua riqueza.

Os devotos de Nossa Senhora Aparecida são muitos e não param de crescer. E são de muitas religiões. Pedem e são atendidos. A Mãe Aparecida é famosa por ser milagreira. O amor é um sentimento milagroso e Ela simboliza esse amor infinito da mãe que pega seus filhos no colo e ensina o caminho – até do cinema.

A saber, o filme vai ao ar no domingo (24/05), às 19h30, na TV Aparecida.

Ademais, veja mais:

Portanto, conheça ‘Tales from the Loop’ | Contos do Loop é sensacional
Além disso, saiba sobre a série ‘Nada Ortodoxa’ e a liberdade
The Midnight Gospel | Série mostra armadilha existencial da alma

1 Comment

Escreve o que achou!

%d blogueiros gostam disto: