Crítica | Unidas Pela Esperança

Unidas Pela Esperança conta a história de mulheres, esposas de militares, que montam um grupo de canto quando seus maridos são convocados a servir no Afeganistão. Sozinhas, elas se deparam com seus próprios medos e angústias, mas logo encontram umas nas outras a força para superar os desafios presentes em suas vidas.

Baseado em fatos reais, o filme tem uma história sem erros, que não surpreende quem assiste, mas prende a atenção. Uma história com atuações contidas, de acordo com a demanda do roteiro, e destaque para as atuações de Sharon Horgan, Kristin Scott Thomas e Amy James-Kelly.

Sobre o Filme

Não é um filme sobre a guerra, apesar de nunca a esquecerem durante a narrativa. A história não fala sobre os horrores do campo de batalha, mas sobre as pessoas que ficam para trás. É um filme sobre as consequências da guerra em quem não participou dela.

Os soldados, em sua maioria homens, vão para o combate; enquanto suas esposas lidam sobre estarem longe da batalha, mas sempre preocupadas com o conflito. Elas reconhecem o privilégio de serem esposas de combatentes e não viverem os horrores da guerra, como diversas mulheres combatentes ou as civis afegãs, mas vivem em constante medo de perder quem amam no confronto. Como diz a personagem Lisa (Sharon Horgan): “nós não temos o privilégio de ser contra guerra, somos casadas com ela.”

Por fim, o Unidas Pela Esperança nos lembra que o impacto da guerra é amplo e vai muito além do embate entre os diversos lados do conflito. E que a força presente nas amizades entre mulheres, especialmente essas que são redes de apoio emocional, nasce de situações adversas e são capazes de conquistar feitos maiores do que originalmente imaginados.

Enfim, o trailer:

Ademais, leia mais:

Além do som | Novo reality show inovador da Netflix foca em universidade para pessoas surdas

Filmes – Candango: Memórias do Festival | Crítica

Amizade entre mulheres | Conheça 5 filmes que estimulam a sororidade

 

1 Comment

Escreve o que achou!

%d blogueiros gostam disto: