Thursday, October 6, 2022

Eike – Tudo ou Nada | Nelson Freitas é o destaque do filme

Eike – Tudo ou Nada é um filme que mostra o auge e a vertiginosa queda do ex-bilionário Eike Batista. Tem inspiração no livro homônimo da jornalista Malu Gaspar. Nelson Freitas faz o papel principal e entrega um bom trabalho como de praxe, em cima do protagonista egocêntrico.

Uma das melhores coisas do filme é o elenco. Conta com Thelmo Fernandes, Marcelo Valle, Bukassa Kabengele, Juliana Alves e Xando Graça interpretando os funcionários da OGX, além de Jonas Bloch e André Mattos, que vive o ex-governador Sobral. Na adaptação, os ex-colaboradores da Petrobras que saíram da estatal para fundar a OGX ganham nomes fictícios: Laerte, Kopas, Nelson, Zita e Odorico, o Dr. Oil.

As interações entre eles e as atuações no geral são boas. A história acaba por mostrar um pouco o que é o Brasil e como ilusões e corrupções surgem, além do mundo das especulações e como muitos são enganados e viram joguetes na mão dos poderosos.

Ilusões

O filme começa em 2006, quando o país passa por uma expansão econômica e um otimismo que, posteriormente, se mostra exagerado com relação ao pré-sal. Dessa forma, empolgado, o empresário decide criar a petroleira OGX. O final todo mundo já sabe, ele acaba na prisão em 2017, alvo da Operação Eficiência, um desmembramento da Operação Lava Jato, no Rio de Janeiro. Eike foi acusado de fazer parte de um esquema de corrupção do ex-governador Sergio Cabral, preso desde 2016.

Além disso, o longa conta com a participação especial de Carol Castro como Luma de Oliveira, ex-mulher de Eike. O relacionamento deles vivia nas colunas de fofoca. É um pedaço do filme que parece até meio fora de tom, mas tem uma abordagem divertida e lúdica, teatral, para mostrar mais uma ferida no ego de Eike, contudo, não faz diferença na jornada que aparece no longa.

Direção e roteiro são da premiada dupla Andradina Azevedo e Dida Andrade (A Bruta Flor do Querer e 30 Anos Blues). Afinal, nada genial, mas um bom filme nacional que chega aos cinemas dia 22 de setembro, com distribuição da Paris Filmes.

Ademais, veja mais:

O Último Jogo | A paixão pelo futebol segue viva nas fronteiras do Cinema

Boletim de Ocorrência | Por Eleize Silva Ferreira

New Life S.A. | Surrealismo para mostrar efeitos da especulação imobiliária

 

Escreve o que achou!