Emiliano D’Ávila | “Estou com um projeto de adaptação do livro de Ricardo Laurino sobre veganismo”

O ator Emiliano D’Ávila, que interpreta o engraçadíssimo Máicol do seriado Vai Que Cola, do canal Multishow, cedeu uma entrevista para o Vivente Andante. Assim como sua namorada, a atriz Natália Rosa, Emiliano é vegano e ativista da causa animal. Emiliano Moraes D’Avila Melo nasceu na cidade de Feira de Santana, no estado da Bahia, Brasil. No Rio de Janeiro, fez parte da peça Clandestinos, que virou série na Rede Globo, em 2010. Em 2012, interpretou o personagem Lúcio na novela de grande sucesso Avenida Brasil. Posteriormente, começou a interpretar o Máicol, no programa humorístico Vai que Cola (2012-), do canal Multishow. Assim, estreou como ator de cinema em Vai que Cola: O Filme (2015) e foi protagonista em Ninguém Entra, Ninguém Sai (2017), de Hsu Chien Hsin.

Nessa entrevista, Emiliano fala um pouco sobre seu caminho no vegetarianismo e alguns novos projetos. Confira:

Alvaro Tallarico: Desde quando você é vegetariano? O que te levou a tomar essa decisão? Por exemplo, eu conversei com sua amiga Pérola Faria e para ela foi a meditação. Com você também foi por aí? Veio a partir de algo espiritual?

Emiliano D’Ávila: Sou vegano há três anos e ativista da causa animal. A minha mudança foi por causa da questão animal e da questão ambiental. Eu assisti alguns documentários. Sempre tive um amor muito profundo pelos animais, mas achava inevitável me alimentar deles. Achava que fazia parte. Quando eu descobri que não deveria, não precisava e nem deveria, mudei radicalmente. Isso foi há três anos atrás. Desde então sou vegano e não como mais nada de origem animal.

Alvaro Tallarico: E como você acha que isso influenciou no seu lado profissional? Ajuda a ter mais concentração, ou não tem nada a ver? Manda bem de qualquer jeito, seja carnista, vegetariano? Ajudou e ajuda na sua evolução?

Emiliano D’Ávila: Não, no sentido de atuação não. Mas mudou profissionalmente porque eu comecei a escrever e fazer uns esquetes com o Ricardo Laurino da Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) pelo canal VegFlix, que ele tem. A gente já fez dois esquetes e estou com um projeto grande também de adaptação do livro dele que é sobre veganismo. A gente está adaptando para uma série. Ele tem dois livros “O Último Teste” e “A Última Morte”.

Alvaro Tallarico: E vocês vão adaptar os dois?

Emiliano D’Ávila: Os dois.

Alvaro Tallarico: Ao mesmo tempo? Vai ser numa sequência?

Emiliano D’Ávila: Sim. Para uma série de TV. A gente está começando esse processo aí. Algumas pessoas já sabem. Falamos sobre isso no VegFest (evento anual realizado pela SVB), mas a gente está começando esse processo agora. Um processo de adaptação, um processo longo, que depende de muitas associações com produtoras e como qualquer produto artístico precisa de grana para se montado. Então a gente está em um processo embrionário ainda de adaptação. Mas o objetivo final é uma série de televisão.

Leia

Pérola Faria | “As pessoas ficavam indignadas que eu não comia carne. Achavam que eu ia desmaiar.”
Feira Vegana Veg Borá apresenta os Melhores do Ano
Restaurante Vegano da Tijuca tem bom preço

 

 

 

 

Anúncios
Show More

Escreve o que achou!

Instagram