Emmy 2020 | Saiba como foi a premiação que teve Zendaya como destaque

A expectativa para o Emmy 2020, que aconteceu no último domingo (20/09), para além dos vencedores, era ver como fariam uma cerimônia grande como essa toda virtual. Afinal, 24 prêmios seriam entregues e apresentados, como manter o dinamismo? Pode-se dizer que a produção foi bem criativa. A começar com o início da premiação. Mostraram a plateia do teatro cheia e rindo das piadas do apresentador Jimmy Kimmel. O espectador deve ter ficado em choque e intrigado, se perguntando se estava entendendo errado que a cerimônia esse ano seria toda virtual. Acontece que foi tudo um truque visual para o comandante da noite poder entrar com o discurso de como é importante ficarmos em casa nesse momento – e explicar como seria feita a entrega dos prêmios. Um ótimo e criativo jeito de dar o pontapé inicial na premiação.

Criativa também foi a maneira como apresentaram cada categoria. Alguns atores estavam de fato no teatro e fizeram as piadas tradicionais que estamos acostumados em ouvir nessas premiações. Mas outras categorias foram apresentadas por trabalhadores essenciais, em vídeos previamente gravados. Foi uma forma de agradecimento e homenagem a essas pessoas que estão trabalhando e arriscando suas vidas durante esse período, como médicos, carteiros e produtores de alimentos.

Inovação na entrega

Aliás, uma dúvida que muitos espectadores ficaram era como seria feita a entrega dos prêmios. Todos foram entregues nas casas dos vencedores por pessoas totalmente protegidas para não transmitir o vírus da covid-19. Inclusive, o ator Ramy Youssef, indicado como melhor ator de comédia, postou um vídeo engraçado em seu Instagram. Nele, mostrava que havia realmente uma pessoa com um prêmio em todas as casas e, caso a pessoa não ganhasse, como aconteceu com ele, essa pessoa ia embora levando o troféu. Triste, mas engraçado, vai. Pelo menos assim a gente tem certeza que os indicados não sabiam mesmo quem iria ganhar, já que não levaram o prêmio somente às casas dos vencedores.

Ganhadores

Quanto aos vencedores do Emmy 2020, não houve muitas surpresas. A série canadense Schitt’s Creek, que virou queridinha dos americanos esse ano, levou todas as categorias de comédia, se tornando a série de comédia com mais prêmios em uma única temporada. Talvez a única surpresa tenha sido a unanimidade da série nas categorias de comédia, porque já era esperado que ela levasse a maioria dos prêmios.

A minissérie Watchmen, série com maior número de indicações da 72ª edição do Emmy, levou quatro prêmios dos sete que estava indicada essa noite: melhor atriz (Regina King), melhor roteiro, melhor direção, melhor ator coadjuvante (Yahya Abdul-Mateen II) e melhor minissérie. Uzo Aduba ganhou a categoria de melhor atriz coadjuvante por Mrs. America, Mark Ruffalo, como já era esperado, venceu na categoria de melhor ator por I know this much is true, e melhor direção foi para Maria Schrader, de Nada Ortodoxa, essa sim uma das surpresas da noite.

Zendaya

Entre as categorias de drama, Succession era a mais cotada para ganhar a maioria dos prêmios. E assim aconteceu. Levou os prêmios de melhor ator (Jeremy Strong), melhor roteiro (Jeremy Armstrong), melhor direção (Andry Parekh) e melhor série. Billy Crudup levou o prêmio de melhor ator coadjuvante por The Morning Show, o que já esperávamos devido a sua ótima performance na série. Julia Garner ficou com o prêmio de melhor atriz coadjuvante por sua atuação em Ozark, da Netflix. Porém, a grande surpresa da noite foi a vitória de Zendaya. Em sua primeira indicação ao Emmy, por sua performance na série da HBO Euphoria. A saber, Zendaya foi a segunda mulher negra a vencer a categoria em toda a história da premiação.

Além das categorias de séries, também foram entregues os prêmios de melhor talk show para Last week tonight with John Oliver e melhor reality show para RuPaul’s Drag Race pelo terceiro ano consecutivo. O prêmio pela carreira foi para o diretor e ator Tyler Perry, por seu consistente trabalho levando diversidade às telas e por dar oportunidade a pessoas de grupos marginalizadas. O homenageado, inclusive, fez o mais bonito discurso da noite. Lembrou suas raízes e reforçando como é importante haver diversidade de todos os tipos em todos os setores de trabalho para que todos tenham oportunidade de criar suas próprias histórias. Posteriormente, Mark Ruffalo também fez um discurso poderoso ao aceitar seu prêmio, lembrando a todos a importância do amor ao perguntar:

“Vamos ser um país de desunião e ódio ou vamos nos unir e lutar por todos nós?”

Afinal, para quem não assistiu a premiação, o Emmy 2020 ganha reprise nessa segunda-feira às 09:51, no canal TNT.

Ademais, veja mais:

O Dilema das Redes | Documentário da Netflix consegue ser assustador e pontual
Confira a voz feminina representada em 7 HQs | Mulheres e Quadrinhos
Valéria | Série espanhola da Netflix aposta em dramas da geração millennial

Escreve o que achou!