Thursday, October 6, 2022

Confira as estreias da Filmicca em Fevereiro

A Filmicca, plataforma de streaming nacional de cinema de arte mundial, acaba de anunciar suas novidades para o catálogo no mês de fevereiro. Entre os destaques do mês que chegam com exclusividade na plataforma estão o premiado drama indie “Para Izzy”, de Alex Chu. Além disso, também estreiam os argentinos  “Mamãe, Mamãe, Mamãe” de Sol Berruezo, que recebeu Menção Especial no Festival de Berlim, e “A Implosão” de Javier van de Couter.

O impressionante drama peruano, em coprodução com o Canadá, “O Confronto”, dirigido pelos irmãos Daniel e Diego Vega, já está disponível na Filmicca. Ademais, outra novidade é que o app da Filmicca chegou no dispositivo da Amazon Fire TV.

Confira a lista completa de estreias da Filmicca em fevereiro:

OESTE NOROESTEUm filme de Takuro Nakamura

Kei e sua namorada modelo Ai estão prestes a dar seu primeiro grande passo na vida: morar juntas. Uma noite, em um café, Kei conhece Naima, uma estudante iraniana que estuda arte japonesa. Apesar de suas vastas diferenças culturais, as duas logo se tornam amigas, conectando-se em um novo nível que Kei não experimentou com Ai.

KALANCHOE – Um filme de Shun Nakagawa

Em uma escola secundária, uma enfermeira da escola entra em uma sala de aula e escreve LGBT na lousa. Ela explica que uma pessoa pode se apaixonar independentemente da orientação sexual e gênero. Por conta disso, começa uma especulação entre os colegas de que alguém na sala é uma pessoa LGBTQIA+.

MAMÃE, MAMÃE, MAMÃEUm filme de Sol Berruezo Pichon-Riviére

Numa manhã de verão, uma garota se afoga na piscina de sua casa. O pequeno corpo fica lá até que sua mãe o encontre. Ela deixa a outra filha, Cleo, sozinha em casa por horas. A menina fica à espera da tia, que chegará com suas primas: Leoncia, Manuela e Nerina. Cada uma dessas jovens está imersa em um microcosmo particular. Enquanto Cleo, marcada pela tragédia da irmã, é incapaz de expressar esse sentimento, sua mãe fica trancada no quarto, deprimida. Assim, Cleo, junto com as primas, mergulha no mundo feminino da infância, repleto de questões como o medo de nunca ter beijado, o medo de ficar sozinha para sempre, o medo da menstruação e a mudança irreversível em direção ao amadurecimento.

PARA IZZYUm filme de Alex Chu

As vidas de uma viciada, que está em tratamento, e de sua mãe mudam para sempre quando um pai viúvo e sua filha adulta com autismo se mudam para a casa ao lado da delas. Este maravilhoso drama indie é uma obra sensível e delicada que conquistou diversos prêmios em festivais, incluindo o Prêmio do Público no Frameline, bem como o coração de diversos espectadores.

A IMPLOSÃO – Um filme de Javier van de Couter

Rodrigo e Pablo são sobreviventes reais do primeiro massacre escolar da América Latina, ocorrido na Patagônia argentina em 2004. Hoje, Rodrigo e Pablo têm trinta anos e interpretam a si mesmos em um filme de ficção construído a partir de uma hipótese: viajar mais de 1.000 km para encontrar o colega de classe que atirou neles. Exibido no BAFICI, Festival de Cinema Independente de Buenos  Aires

Ademais, veja mais

Ode ao Choro | Filme que aborda a tragédia de Brumadinho e o luto está no Arraial Cine Fest

‘Ressurreição’ na Netflix é um belo épico

Moonfall – Ameaça Lunar | Um ótimo filme de ação descompromissado

Escreve o que achou!