Wednesday, September 22, 2021

J Sotilli procura preservar a tradição gaúcha em duas novas canções

J Sotilli vê na sua arte o seu próprio caminho para preservar a tradição gaúcha do Sul do nosso país. Depois de aquecer os corações com sua homenagem às mães, ele mantém as tradições de seus antepassados para as suas e outras gerações em seus novos lançamentos autorais: “Este É Meu Pago” e “A Semana Farroupilha”, canções gauchescas, inspiradas nos ritmos vanera e de bugio.

“Este É Meu Pago” é uma declaração de fidelidade aos cavalos, animais presentes na vida do gaúcho camponês, e também aos costumes tradicionais. A letra é originária de uma viagem, na qual montando em seu animal companheiro, partiu da cidade para o interior, no lugar onde nasceu. “Esta música também celebra a importância desse animal que, durante muitas décadas, foi um dos meios mais fortes de locomoção dos gaúchos.”, acrescenta o artista.

ASSISTA O CLIPE “ESTE É MEU PAGO”

ASSISTA O CLIPE “A SEMANA FARROUPILHA”

Farroupilha

Por outro lado, “A Semana Farroupilha”, é descrita pelo músico como aquela que almeja transmitir aos jovens e crianças os valores, a cultura, os costumes e as tradições gaúchas, tendo como base, as indumentarias, as comidas, o churrasco, o chimarrão, o fogão campeiro, o cavalo, a gaita e o violão, junto ao aconchego do rancho nas festas gaúchas nos piquetes em acampamentos e parques tradicionalistas.

As duas gravações têm a voz de Sotilli, gaita tocada por Adriano Justem (nome conceituado da banda popular de baile do Rio Grande do Sul, RMB – Rogério Magrão & Banda), guitarra por Paulo Gomes da Silva (guitarrista da banda Sax) e bateria Daniel Shummann (baterista da Evento banda Show). No entanto, em “A Semana Farroupilha”, J Sotilli divide a cantoria com um dos ícones da música fandagueira gaúcha, João Luiz Corrêa.

As duas canções estão sendo lançadas em um momento especial, próximo aos festejos da Semana Farroupilha. Nesse sentido, Sotilli ressalta que, nos arranjos, o estilo da música tradicionalista do Rio Grande do Sul é a prioridade.

As novidades estão no Youtube e, no início de setembro, chegam às plataformas de streaming como Spotify e Deezer.

Ademais, veja mais:

Outros Caras lançam clipe colaborativo ‘Fé (É preciso ter)’

Preto de Azul | Samba jazz que une Brasil e Cabo Verde está nas plataformas digitais

Vinaa, Dicy Rocha e Núbia homenageiam o reggae maranhense de Betto Pereira

1 Comment

Escreve o que achou!

%d blogueiros gostam disto: