Friday, November 27, 2020

Monos: Entre o Céu e o Inferno | Candidato da Colômbia ao Oscar estreia no Brasil

Com distribuição da Pandora Filmes, Monos: Entre o Céu e o Inferno, com direção de Alejandro Landes, estreia nos cinemas brasileiros em 12 de novembro. Desde que estreou no Festival de Sundance em janeiro de 2019, o longa ganhou vários prêmios, como no Festival Internacional de San Sebastián.

Inicialmente, os protagonistas são adolescentes que participam de uma guerrilha numa região remota de um país latino-americano qualquer. Com nomes como Rambo, Pé Grande e Smurf, diariamente fazem treinamento militar rígido enquanto também cuidam de uma prisioneira americana (Julianne Nicholson).

O diretor nasceu em São Paulo, filho de uma colombiana e um equatoriano. Ele conta que as origens do projeto estão numa “guerra civil que parece não ter fim na Colômbia”. Ele aponta que recentemente, depois de muitos anos, há uma possibilidade de paz no ar.

Senhor das Moscas

Landes, que assina o roteiro com Alexis Dos Santos, aponta que os romances O Senhor das Moscas, de William Golding, e O Coração das Trevas, de Joseph Conrad, foram algumas de suas principais influências na construção do longa. Ele compara os livros a uma tatuagem, tamanha a marca que deixam em quem os lê. Filmando na região do Rio Samaná, a cinco horas de Medelín, o diretor afirma que “há não muito tempo atrás, era uma região inacessível por causa das disputas entre as guerrilhas e os paramilitares, o que, paradoxalmente, deixou a área intocada. Uma benção estranha da violência colombiana.”.

O elenco é composto por atores e atrizes experientes como Moises Arías (“Hannah Montana”) e Julianne Nicholson (“Eu, Tonya”), e jovens estreantes. O personagem Rambo é interpretado por uma garota, Sofia Buenaventura, e, o diretor explica que, originalmente, deveria ser um rapaz, mas no processo de seleção isso se mostrou desimportante. “Ao assistir mais de 800 testes, percebemos que nos tornamos cegos ao gênero [sexual] do personagem. Os gêneros não são claros na história, e isso não é importante para a linguagem. Ainda assim é curioso acompanhar sessões, e ver que metade do público acredita que Rambo seja homem, e a outra metade, mulher. E, ainda assim, isso muda as impressões mais profundas do filme? Creio que não.”.

No Brasil, Monos: Entre o Céu e o Inferno teve sua primeira exibição na Mostra Internacional de Cinema em São Paulo. A saber, a equipe técnica do longa conta ainda com o diretor de fotografia Jasper Wolf. O jornal inglês “The Guardian” o descreveu como capaz de “capturar a beleza transcendente da paisagem”.

Por fim, a trilha sonora é de autoria da inglesa Mica Levi, indicada ao Oscar por seu trabalho em “Jackie”.

Ademais, veja mais:

La Révolution | Conheça a mistura de “Supernatural” com a revolução francesa

Mosquito | Filme de guerra explora subjugação dos povos africanos pelos europeus

Por fim, Cidade dos Mortos | Série russa explora cenário apocalíptico

1 Comment

Escreve o que achou!

%d blogueiros gostam disto: