Saturday, February 4, 2023

O Abecedário que se Fingiu de Mudo | Conheça o livro do ‘filho da África’, Ernesto Moamba

A Ibis Libris Editora, no ano de seu 22º aniversário, lança seu 600º livro, O Abecedário que se Fingiu de Mudo, de Ernesto Moamba, de Moçambique. Ele escreveu a obra em 2020, durante a pandemia de Covid-19.

Ernesto Moamba, conhecido como “Filho da África”, nasceu em 4 de agosto de 1994, em Moçambique, na Cidade de Maputo. Sua abordagem textual tem a marca da dor, do desespero e do sofrimento de sua “Mãe África esquecida”, como o próprio autor diz.

Poesia

“Ensina-nos que, quando estamos cientes do que somos e do que valemos, não precisamos nos exibir, nem mostrar aos outros que somos maiores ou melhores do que eles. É meu desejo que muitas crianças possam comer os frutos desta tua árvore e que nelas fique a semente destes valores que nos parecem faltar: a certeza de sermos grandes, e bons e honestos. E é meu sonho que as crianças encontrem sempre uma forma de sentir e de fazer poesia”, declara Angelina Neves, que assina o prefácio.

Ernesto tem obras lançadas e publicadas no Brasil, Estados Unidos e Colômbia, e outros países. Além disso, é membro do Círculo dos Escritores Moçambicanos na Diáspora, com sede em Portugal, presidente do Núcleo Municipal de Maputo da Academia Internacional da União Cultura – Brasil, presidente e membro fundador do Círculo Acadêmico de Letras e Artes de Moçambique, com sede em Maputo.

Por fim, O Abecedário que se Fingiu de Mudo conta com ilustrações de Lino Tivane, também de Moçambique.

Ficha Técnica:

O ABECEDÁRIO QUE SE FINGIU DE MUDO

Ernesto Moamba

Ilustrações de Lino Tivane

ISBN 978-65-89331-75-9

R$ 40,00

32p.

Para adquirir, acesse: https://www.ibislibriseditora.com.br/o-abecedario-que-se-fingiu-de-mudo—ernesto-moamba/p

Ademais, veja mais:
Cem ruínas na esquina da poesia | Livro viaja pela fé
Confira 6 dicas de livros de poesias de novos autores
Veja o novo clipe em animação do Kaialas | Preto de Azul

Escreve o que achou!