Por Detrás da Moeda | Documentário foca nos músicos de rua do Porto | Fantasporto 2020

Com uma montagem dinâmica, especialmente na primeira metade, Por Detrás da Moeda é um caprichado documentário realizado por Luís Moya pelas ruas da cidade do Porto, Portugal. Parece até um grande videoclipe. Entretanto, acaba sendo uma singela homenagem a essa cidade conhecida como Invicta. Vemos belíssimas imagens dos espaços existentes nessa localidade, as pontes, as ruas, os meios de transporte, entre ângulos inusitados e time-lapses. Contudo, apesar da cidade ser necessariamente um personagem do filme, o foco é nos músicos de rua que procuram sobreviver a partir de suas artes. Em especial, Luís se conecta com Alexandre Amorim, que tem um passado musical diferenciado.

Aliás, logicamente, outros artistas de rua também são mostrados, entre malabaristas e estátuas humanas, todavia, o foco é mesmo em alguns músicos específicos, entre eles, um brasileiro, que tocava saxofone (um dos poucos que parece não ter um fim trágico). O músico Nuno Norte também é um caso interessante pois foi um dos primeiros músicos de rua no Porto. Posteriormente, se inscreveu em um concurso de um programa de televisão e ganhou, mostrando bem as voltas que a vida dá.

Grata surpresa

A estreia de Por Detrás da Moeda foi durante o Festival Internacional de Cinema do Porto, o Fantasporto. Pude assistir através da cobertura feita pelo Vivente Andante e foi uma grata surpresa. A ideia de Luís Moya surgiu e começou a partir de 2013 ao escutar um músico tocando na rua e sentar com ele (era o Alex). Moya consegue fazer sobressair o lado humano daquelas pessoas e também usa da metalinguagem ao mostrar seu trabalho por trás das câmeras. A saber, Luís Moya é um cineasta independente, repórter de imagem e editor, nascido no Porto. Venceu o Prêmio Cinema Português do Fantasporto 2013 e Melhor Documentário no Farcume 2013 com o curta-metragem “mia mia Sudan tamam tamam”.

Por Detrás da Moeda é premiado no Fantasporto 2020.
Luís Moya se emocionou ao receber o Prêmio do Público no Fantasporto (foto: Alvaro Tallarico)

A partir de certo momento do filme o protagonista vira o músico Alexandre Amorim (“Alex”), membro fundador dos Pippermint Twist, banda que entrou numa coletânea do Rock Rendez Vous e contava com Miguel Cerqueira, baixista fundador dos Trabalhadores do Comércio, que também fala no documentário. A estória de Alex mostra o contraste de quem esteve em grandes palcos e seguiu o caminho das ruas, a vontade da liberdade “total”, a vida errante. Ao fim, tem seu grande momento em um show no Jardim do Morro. No geral, Por Detrás da Moeda é um filme bonito que preza pelo humano. Não por acaso venceu o Prêmio do Público no Fantasporto 2020.

Afinal, veja o trailer:

Ademais, leia mais:

Dancing Mary | Sabu fala sobre propósito | Fantasporto 2020
Loop | Ficção científica brasileira de respeito | Fantasporto 2020
Confira os premiados no Fantasporto 2020
Anúncios
Show More

5 Comments

Escreve o que achou!

Instagram
%d blogueiros gostam disto: