Saturday, December 4, 2021

Seleção do Samba | Imperatriz Leopoldinense, Salgueiro e Vila Isabel

Como na semana passada, a madrugada abriu esse domingo, 24 de outubro, com muito samba. O “Seleção do Samba” da vez apresentou pra gente a última disputa dos sambas-enredo da G.R.E.S. Imperatriz Leopoldinense, G.R.E.S. Unidos de Vila Isabel e G.R.E.S. Acadêmicos do Salgueiro. Então fique aqui para conhecer as homenagens das escolas e os sambas vencedores.

“Seleção do Samba” – 2º episódio

Os sambas-enredo do carnaval, diferente de outras composições musicais, passam por disputas até que um seja escolhido. Nessa “brincadeira”, as escolas recebem vários sambas de diversos grupos de compositores e eles passam por algumas fases eliminatórias. Esse processo costuma ficar entre as escolas e suas comunidades, porém este ano a Globo transmitiu a última fase dessa escolha no programa “Seleção do Samba”. Se quiser conhecer um pouco mais sobre esse trabalho que envolve a criação dos samba-enredo, já escrevemos sobre isso aqui.

O programa “Seleção do Samba” apresenta a fase decisiva de três escolas por episódio, é apresentado pelo narrador esportivo Luis Roberto e junto dele participam Teresa Cristina e Milton Cunha. Na semana passada foram Mocidade Independente de Padre Miguel, São Clemente e Mangueira. E essa madrugada ficou para Imperatriz Leopoldinense, Vila Isabel e Salgueiro. Mas vamos aos sambas.

Imperatriz Leopoldinense

Em 2022 a Imperatriz vai homenagear Arlindo Rodrigues, que foi um carnavalesco muito importante para a história da escola e do nosso carnaval. Devido ao estilo que era próprio do homenageado, o desfile da Leopoldinense terá marcas do Teatro Municipal e do estilo barroco. Ela passará pela história do artista Arlindo no carnaval dentro das escolas Salgueiro, Mocidade e fechando com ele campeão pela Imperatriz. A carnavalesca da escola, Rosa Magalhães, definiu esse enredo como “a escola olhando para ela mesma”.

A escolha para a Imperatriz Leopoldinse não seria fácil, pois 2022 marca o retorno da escola para o Grupo Especial. Assim, estes foram os três sambas apresentados à Leopoldinense:

O samba do grupo do Meleva quis apresentar como proposta um samba que não fosse explicado. A ideia era apresentar um samba que comovesse a comunidade a partir da melodia e a letra. Seu refrão foi:

“SE TU ÉS COLOMBINA, EU SOU TEU ARLEQUIM
IMPERATRIZ, ÉS O MEU GRANDE AMOR
A VIDA QUIS ASSIM, PODER TE REENCONTRAR
E RELEMBRAR AQUELE TEMPO QUE PASSOU”

Já o grupo do Moisés Santiago buscou trabalhar muito o andamento de seu samba. Para isso, dedicaram-se especialmente à dinâmica do samba e ao seu tom, a fim de dar a ele uma explosão na avenida. Um trecho desse samba:

“EU VI…
MENINOS EU VI
ESSA HISTÓRIA REAL…
EU VIVI
NA LUTA POR CADA VITÓRIA
NOS BRAÇOS DE RAMOS
ARLINDO E LUIZ…”

Mas o vencedor da Imperatriz foi o samba de um compositor só. Gabriel Melo compartilhou que decidiu compor sozinho para conseguir colocar seu DNA no samba. Ele enxergou no enredo da escola uma volta no tempo em que o carnaval representava ainda mais nossa brasilidade, e quis destacar isso em sua composição. Assim, vai marcar o retorno da Imperatriz com o refrão:

“VEM ME ENCANTAR, VOLTA PRO SEU LUGAR!
SEU MANTO É MEU BEM QUERER
E LÁ DO ALTO O PAI MAIOR MANDOU DIZER
QUEM VIVEU PRA TE AMAR, SEGUIRÁ COM VOCÊ!”

Compositor: Gabriel Melo

O título Imperatriz será: “Meninos, eu vivi… onde canta o sabiá, onde cantam Dalva e Lamartine.”

Unidos de Vila Isabel

A Vila Isabel vai homenagear o grande sambista Martinho da Vila. Esse já era um enredo muito esperado pela escola por toda importância que o Martinho tem para a comunidade de Vila Isabel. E, para esse carnaval de 2022, o desejo do carnavalesco Edson Pereira, mais do que nunca, é transmitir essa emoção do homenageado. Os sambas apresentados a escola foram:

O samba do grupo do Moacyr Luz, que buscou destacar elementos da obra do Martinho da Vila em sua letra. Assim, seu refrão foi:

“DO TERREIRO DO SEU CHINA
NOSSO HERDEIRO FEZ SEU NINHO
NAS CALÇADAS E ESQUINAS
CANTA O POVO DE MARTINHO
SOB A LUZ DE GBALÁ
E AS BENÇÃO DE NOEL
TE ENTREGO A COROA DA VILA ISABEL”

O samba do grupo do Claudio Matos teve uma proposta diferente. O samba do grupo foi um samba sem refrão, pois a ideia era pegar a característica inventiva do homenageado e, assim, fazer algo completamente diferente do esperado. O desejo desse grupo é que as pessoas escutassem esse samba e pudessem imaginar que se tratava de uma composição do próprio Martinho da Vila. Por isso, inclusive, fizeram um samba em primeira pessoa. Confira um trecho:

“SE EU VERSO UM SAMBA PRO MEU POVO EMOCIONAR… Ô IAIÁ Ô IAIÁ
MENINA MOÇA E CAPOEIRA VÃO CHORAR… Ô IA IÁ Ô IAIÁ
A POESIA HOJE FAZ O MEU PAPEL
PRA RENASCER DAS CINZAS, VILA ISABEL
RESGATAR ALÉM DA QUARTA-FEIRA
PRAZER, SOU MARTINHO JOSÉ FERREIRA
CANTA… MINHA GENTE É DE RAIZ E BATUCADA
SAMBA NA AVENIDA DE AZUL E BRANCO EM NOITE ESTRELADA
(IAIÁ) ATÉ O SOL DOURADO CLAREAR”

Porém, o samba ganhador da Vila foi do grupo do Evandro Bocão. Esse grupo de compositores compartilhou que sempre escrevem pensando em atingir o coração da escola, mas que esse foi diferente, a ideia foi emocionar o coração do Martinho. Por isso escolheram colocar em seu samba frases e traços da personalidade do homenageado. Portanto, refrão que será dedicado na avenida ao sambista será:

“PARTIDEIRO, PARTIDEIRO Ó
NOSSA VILA ISABEL, BRILHA MAIS DO QUE O SOL
CANTA NERO REI, DEIXA A TRISTEZA PRA LÁ
CANTA FORTE MINHA VILA, A VIDA VAI MELHORAR”

Compositores: Evandro Bocão, André Diniz, Dudu Nobre, Professor Vladimir, Marcelo Valença, Leno Dias e Mauro Speranza.

O título da Vila Isabel será: “Canta, Canta, minha gente! A Vila é de Martinho!”

Acadêmicos do Salgueiro

O samba que o Salgueiro colocará na avenida em 2022 tem como tema a resistência preta. Os responsáveis que falaram sobre a temática no programa foram a Doutora em Filosofia Helena Theorodo e o carnavalesco Alex de Souza. Eles explicaram que a visão da escola é o movimento mundial de valorização da comunidade preta e também contra o preconceito racial; e que esse enredo será carregado com a marca de imponência e beleza da escola.

O samba do grupo do Xande de Pilares buscou tratar da história do povo preto através da cidade do Rio de Janeiro, mas, tendo como fio condutor, o morro do Salgueiro. Além disso, apresentando figuras importantes que marcaram a história do morro e da escola. O refrão do grupo foi:

“NÃO TEM CHAVE OU CADEADO
NEM CORRENTE NA SENZALA
MEU QUILOMBO É ENCARNADO
PRETA VOZ QUE NÃO SE CALA
QUANDO PEGO NO GANZA
ISABEL VAI PRO TERREIRO
ARREDA QUE LÁ VEM SALGUEIRO”

Já o grupo do Sereno escolheu pensar o seu samba a partir da missigenação, como carcaterística própria do nosso país, marcando a resitência em toda sua letra e com o DNA da escola. Seu refrão foi:

“ÔFI ÀLA WE O, ILE LEWA
MEU GRIÔT MEU AXÉ… SALGUEIRO”
ÔFI ÀLA WE O, ILE LEWA
ÊTA PRETO DE FÉ… SALGUEIRO”

E o grupo do Dená Chagas, dono do samba vencedor, escolheu abordar o tema começando pela escravidão e mostrando realidade da falsa abolição que infelizmente perpetua o preconceito até os dias de hoje. O refrão que vai sambar na Sapucaí pelo Salgueiro será:

“SALGUEIRO… SALGUEIRO…
O AMOR QUE BATE NO PEITO DA GENTE
SABIÁ ME ENSINOU: SOU DIFERENTE
O AMOR QUE BATE NO PEITO DA GENTE
SABIÁ ME ENSINOU: SOU DIFERENTE”

Compositores: Demá Chegas, Pedrinho da Flor, Leonardo Gallo, Zeca do Cavaco, Gladiador e Renato Galente.

O título da Acadêmicos do Salgueiro será: “Resistêcia.”

Mais detalhes

A “Seleção do Samba” terá ainda mais três episódios:

  • 31/10 – Unidos da Tijuca, Portela e Grande Rio
  • 7/11 – Paraíso do Tuiuti, Beija-Flor e Viradouro
  • 14/11 – Apresentação com os sambas vencedores

E se você quiser escutar os vencedores das escolas que falamos hoje, seguem os links:

Imperatriz Leopoldinense

Acadêmicos de Vila Isabel

Salgueiro

Créditos de imagem: Globo/Leandro Ribeiro

Ademais, veja mais:

Seleção do Samba | Saiba mais sobre as escolhas dos sambas-enredo
Céu Lilás – Na Estrada | Conheça a segunda parte do projeto
Samba da Vela é tema de livro-reportagem | A voz de um samba, a vez de um povo

2 Comments

Escreve o que achou!

%d blogueiros gostam disto: