Saturday, December 4, 2021

Viagens na América do Sul | Confira as atualizações para os brasileiros que querem viajar

Olá! Estou hoje aqui para atualizar vocês sobre os requisitos para entrada de viajantes brasileiros em alguns de nossos vizinhos de América do Sul.

Destinos costumeiramente viáveis, economicamente e temporalmente falando, são nossos vizinhos de continente. Muitas vezes se consegue realizar viagens a países como Argentina e Chile, por exemplo, gastando menos do que ao viajar a determinadas cidades de nosso Nordeste (infelizmente, diga-se de passagem).

E qual a situação atual destes e outros países, com relação à entrada de brasileiros? Vamos conferir.

Argentina

Desde a última sexta-feira (01 de outubro), a entrada de brasileiros (e de residentes de outros países limítrofes) está liberada no país. É necessário cumprir os seguintes requisitos:

  • Esquema vacinal completo há, pelo menos, 14 dias. Todos os imunizantes aplicados no Brasil são aceitos;
  • Apresentar, na chegada, teste RT-PCR com resultado negativo, realizado com até 72 horas de antecedência ao horário de embarque. Ou, alternativamente, fazer um teste de antígeno ao chegar à Argentina;
  • Caso a estadia supere os 5 dias, será necessário fazer outro teste RT-PCR entre 5 e 7 dias após a chegada;
  • Possuir seguro viagem com cobertura contra a Covid-19;
  • Ter permanecido no Brasil nos quatorze dias anteriores à viagem para a Argentina.

Obs: O acesso pela fronteira terrestre (Foz do Iguaçu) também está autorizado aos brasileiros.

Chile

Assim como na Argentina, no dia 01 de outubro também voltou a ser permitida a entrada de turistas estrangeiros no Chile. Porém, com restrições bem mais rígidas:

  • Apresentar, na chegada, teste RT-PCR com resultado negativo, realizado com até 72 horas de antecedência ao horário de embarque;
  • Esquema vacinal completo, devendo ser validado antes da entrada no Chile através do site mevacuno.gob.cl. Atenção: dentre as vacinas aplicadas no Brasil, são aceitas as da Pfizer/BioNTech, Oxford/AztraZeneca e Janssen;
  • Preencher o formulário eletrônico “declaração jurada para viajantes” até 48 horas antes do embarque. Neste formulário devem se apresentar informações de contato, antecedentes de saúde e sobre a viagem;
  • Cumprimento de 5 dias de quarentena obrigatória;
  • Possuir seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil dólares, e que possua cobertura total contra a Covid-19;
  • Preencher e enviar, de forma obrigatória, um formulário de acompanhamento durante os primeiros 14 dias de estadia. Este formulário é enviado diariamente por e-mail ao viajante.

Uruguai

As fronteiras uruguaias permanecem fechadas para o turismo, com previsão de reabertura em 01 de novembro. A partir desta data será permitida a entrada de brasileiros, que estejam a princípio com o esquema vacinal completo e mediante apresentação de teste RT-PCR negativo na chegada ao país.

Colômbia

A Colômbia é um dos países mais flexíveis nesse aspecto. A reabertura das fronteiras se deu em maio deste ano, e hoje não se exige qualquer comprovação de vacinação, tampouco a apresentação de teste negativo. A única exigência prévia é o preenchimento de formulário de migração, disponível eletronicamente.

Independente das condições atuais, é importante lembrar que esses cenários são muito dinâmicos e podem sofrer mudanças. Na dúvida, consultem os órgãos de turismo ou os consulados de cada país da América do Sul. Até a próxima!

Ademais, leia mais:

Confira Seu Sílvio e O Conto da Ilha Grande, em Angra dos Reis
Aliás, conheça quatro viagens para curtir natureza e exercício
Além disso, conheça o Trekking Terra dos Cânions

Escreve o que achou!