Wisdom of Trauma | Filme traz abordagem de ressignificação da dor

O médico aposentado Gabor Maté entra numa jornada para falar sobre traumas. Wisdom of Trauma busca ressignifcar o sofrimento como algo que acaba por moldar um ser humano. Logo no início ele já fala sobre o aumento de diversas doenças mentais como ansiedade, depressão, TDAH (déficit de atenção), vícios diversos, e outros. “Genuinamente, é uma epidemia”, é o que Gabor diz.

O mecanismo do trauma ganha uma explicação didática e o filme ainda tem como atrativo diversas animações muito belas, estilosas e eficientes, que ilustram depoimentos e acontecimentos. Aliás, a diversidade de histórias impressiona, há coisas realmente assustadoras.

A direção consegue dá um tom interessante ao focar em rostos, closes-ups que se aproximam, com uma música suave. É como se trouxesse o espectador para uma humanidade, e não humanidade de ser um humano, mas de perceber o outro, ter afeto. Ao mesmo tempo, contrasta com planos abertos que mostram cenários do planeta Terra.

Vícios distintos ganham abordagem no longa, desde aquele em consumo, até em drogas. São os escapes e fugas da sociedade contemporânea que não sabe lidar com seus sentimentos. Assim, esses vícios encontram morada.

Leituras

Gabor Maté é o protagonista e grande narrador que nos leva nessa jornada. É uma figura com um ar melancólico, porém também acolhedora. Tem algo sombrio e pesado no médico, e ele busca deixar a vida mais leve para os outros. Gabor também é resultado de seus traumas, virou médico por causa deles, e fez esse filme por isso. Ele ainda aproveita para criticar o capitalismo e o materialismo, a partir das soluções farmacêuticas ocidentais para as doenças.

Lembrei de algo que li em algum lugar, sobre a diferença da medicina oriental, para a ocidental. Em muitas medicinas orientais, como a chinesa, o corpo é visto como um todo. Percebe-se o sintoma de outra forma, como se o corpo todo estivesse interligado. E está. Os problemas psicológicos, por exemplo, acabam somatizando no corpo.

Por fim, Wisdom of Trauma é bom como cinema e interessante como estudo. O filme está disponível em https://wisdomoftrauma.com/movie/. Ao clicar no ícone CC é possível escolher a legenda em português ou outras línguas. Vale a pena.

Aliás, se liga no trailer (em inglês):

Em certo momento, em suas buscas, o médico encontra a ayahuasca, um chá que fornece experiências psicodélicas. Essa parte é mais rápida, talvez para não criar tanta polêmica. As ideias de Gabor às vezes parecem colocar todas as escolhas da vida em cima dos traumas. Traz reflexão. É uma abordagem através do acolhimento das dores, aceitação, da compaixão para encontrar a cura. É um viés humanista.

Por outro lado, também lembrei da excelente série Midnight Gospel, da Netflix, que traz diversas teorias espiritualistas e passa por temas importantes de uma forma lúdica e inteligente.

Ademais, leia mais:
Além dessa Vida | Nova antologia traz romances que sobrevivem ao tempo
Contos de Amor | Editora Solar dos Livros lança obra sensível e criativa
The Midnight Gospel | Afinal, série mostra armadilha existencial da alma

1 Comment

Escreve o que achou!

%d blogueiros gostam disto: