Crítica | ‘Nas Ondas da Fé’ é show de Marcelo Adnet e companhia

Nas Ondas da Fé é uma comédia idealizada por Marcelo Adnet e Augusto Casé que conta a história de Hickson (Adnet), um técnico de informática e locutor de telemensagem que ganha a vida fazendo bicos e sonha em ser radialista.

A princípio, o filme se mostra bastante engraçado, em cima da veia humorística gritante e da versatilidade de Marcelo Adnet. Seu personagem tem uma vida simples ao lado do amor de sua vida, Jéssika (Letícia Lima, carismática), que lhe consegue uma oportunidade para trabalhar em uma rádio evangélica.

A partir disso o filme é um desfile de grandes talentos do humor brasileiro. Otavio Muller vive Pacheco, chefe da rádio, e rouba a cena quando aparece. Ainda por cima, vemos Tonico Pereira, Gregorio Duvivier, Roberta Rodrigues, Débora Lamm, Thelmo Fernandes e outros. Elisa Lucinda, por exemplo, tem participação hilária como uma professora de pastores que ensina sobra a dinâmica do sofrimento.

Aliás, veja o trailer, e siga lendo:

No subtexto, Nas Ondas da Fé ainda consegue fornecer reflexões sobre ganância, inveja, sucesso, e, claro, fé e sua espetacularização. Tudo enquanto o protagonista vai crescendo dentro da Igreja Evangélica e ganhando fama.

Do meio em diante o filme toma até algum tom mais dramático, e o número de risadas diminui, mas há uma cena muito boa numa prisão que engloba ótimas atuações e outras situações que demonstram peculiaridades da sociedade.

Nas Ondas da Fé se torna mais relevante ao levar para as telas uma crítica aos maus religiosos que utilizam da fé das pessoas para enganá-las e enriquecer. Contudo, busca abordar esse universo de uma forma sem julgamentos, o que é uma virtude do roteiro assinado por Lusa Silvestre (Estômago), o qual tem colaboração de Adnet.

Pudemos assistir na pré-estreia, dia 21 de dezembro de 2022, a convite da Imagem Filmes, no Kinoplex Leblon, e lá estava grande parte do elenco e equipe. Com produção da Casé Filmes e coprodução da Orion Classics e Imagem Filmes, a boa direção do longa é de Felipe Joffily (Muita Calma Nessa Hora) e estreia no dia 12 de janeiro de 2023.

Ademais, leia mais:

Emancipation – Uma História de Liberdade | Crítica

Crítica | ‘O Amor dá Voltas’ tem bela fotografia e romances estranhos

Escreve o que achou!