Conecte-se conosco

Música

Madonna vai lançar cinebiografia | “Estão prontos para a história da minha vida?”

Publicado

em

Madonna vai lançar cinebiografia

A rainha do pop Madonna anunciou em seu Twitter que está escrevendo e dirigirá a história da sua própria vida. Um comunicado da cinebiografia foi feito também pelo estúdio Universal nesta terça-feira, dia 15.

Em princípio, com o possível título de Live to Tell –homônimo de um hit da cantora–, o filme é escrito pela diva em parceria com a roteirista ganhadora do Oscar por Juno, Diablo Cody. A produção ficará por conta de Amy Pascal, vencedora de três Oscars, a saber: Adoráveis Mulheres, The Post – A guerra secreta e Homem-Aranha: De volta pro lar.

Are you ready for the story of my life………………..✍️ Am I? #livetotell #diablocody #screenplay pic.twitter.com/eqEKgfBL77

— Madonna (@Madonna) September 11, 2020

fonte: twitter @madonna

Quem viverá Madonna?

Desse modo, alguns nomes circulam na internet para interpretar Madonna na telona, como Julia Garner, Florence Pugh e Haley Bennet. Tem alguma aposta?

A princípio, com uma carreira sólida, cheia de polêmicas e quebrando muito tabu, especialmente no que diz respeito ao corpo feminino, a artista pretende levar às telas como tudo começou, como anunciou em seu Twitter:

“Quero transmitir a incrível jornada que a vida me levou como artista, musicista, dançarina – um ser humano, tentando abrir seu caminho neste mundo”, declara a cantora.

Assim, o estúdio Universal celebrou o acordo com a cantora enaltecendo-a. Como diz Donna Langley, diretora do Universal Filmed Entertainement Group: “Madonna é o ícone definitivo, humanitário, artista e rebelde. Com seu dom inigualável de criar arte acessível e que quebra barreiras, ela moldou nossa cultura como poucos.”

Por fim, Madonna trabalhou em mais de vinte longas e ganhou o Oscar de Melhor Atriz por Evita, em 1996. A saber, sua cinebiografia ainda não tem data de lançamento.

Ademais, veja mais:

Confira 5 séries feministas para assistir e se inspirar na Netflix
Confira a voz feminina representada em 7 HQs | Mulheres e Quadrinhos
Semente Mulheres Pretas no Poder | Bom filme coloca protagonismo feminino negro em debate

Anúncio
Clique para comentar

Escreve o que achou!

Música

Afeto e Luta – Bruna Caram canta Gonzaguinha | Show acontece no Cesgranrio

No dia 02 de junho, a multiartista fará sua estreia na capital carioca

Publicado

em

Afeto e Luta Bruna Caram canta Gonzaguinha foto por Rodolfo Magalhaes

De um projeto idealizado por Bruna Caram, com arranjos de Norberto Vinhas e pesquisa de repertório de Jean Wyllys, o show “Afeto e Luta – Bruna Caram canta Gonzaguinha” aconteceu pela primeira vez durante a pandemia, sem público, em formato de live. Em seguida, Bruna decidiu transformar o projeto em turnê e no sétimo disco de sua carreira.

A princípio, ao longo de dois anos, a multiartista pesquisou muito sobre Gonzaguinha para o trabalho mais criterioso de sua carreira. Fez questão de iniciar a turnê antes do disco, passando por cidades do Sudeste ao Nordeste. E agora, leva o show pela primeira vez no Teatro Cesgranrio, no dia 02 de junho.

Além disso, no palco, a cantora recita poemas de seu livro “Pequena Poesia Presente” (2020), e também conta as histórias por trás das canções, confidenciadas a ela por Nanan Gonzaga, filha de Gonzaguinha, que assina a direção de voz do disco. O espetáculo ainda por cima conta com a participação de Leila Pinheiro, cantora, compositora e pianista.

Aliás, veja o clipe de “Redescobrir”, e siga lendo:

“Escolhi duas vertentes, a das canções de amor e a das canções políticas, mas considero que essas duas vertentes, na obra dele, muitas vezes se sobrepõem. Porque lutar também significa amar, defender, enfrentar. Para mim, Gonzaguinha era um artista destemido e engajado, que cantava as lutas e principalmente a alegria de viver.”, diz a cantora.

“Afeto e Luta – Bruna Caram canta Gonzaguinha” se tornou o disco mais importante da carreira da artista e mais memorável com participações de grandes artistas como Zé Renato em “Redescobrir”, Preta Ferreira em “É”, Zeca Baleiro em “Eu Nem Ligo”, além de Renato Braz, Nanan Gonzaga e Leila Pinheiro.

Serviço:

Afeto e Luta – Bruna Caram canta Gonzaguinha no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 02/06 (Sábado)

Local: Teatro Cesgranrio
Endereço: Rua Santa Alexandrina, 1011 – Rio Comprido
Horário: 20h (Show)

Ingressos:

Balcão

LOTE PROMOCIONAL R$ 25,00

INTEIRA R$ 60,00

INGRESSO SOLIDÁRIO (LEVAR 1KG DE ALIMENTO) R$ 40,00

MEIA – ESTUDANTE R$ 30,00

Plateia

LOTE PROMOCIONAL R$ 25,00

INTEIRA R$ 60,00

INGRESSO SOLIDÁRIO (LEVAR 1KG DE ALIMENTO) R$ 40,00

MEIA – ESTUDANTE R$ 30,00

Compra Online: https://bileto.sympla.com.br/event/81947/d/189821

Continue lendo
Anúncio
Anúncio

Cultura

Crítica

Séries

Literatura

Música

Anúncio

Tendências